Campo Grande, Domingo , 19 de Novembro - 2017


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br

Posts com a tag: cristovao-silveira

Violência estampa a capa dos jornais diários de Campo Grande nesta sexta-feira

Postado por Marco Eusébio , 28 Julho 2017 às 17:00 - em: Principal

O desparecimento do menino Kauã...
 
O duplo assassinato do ex-vereador Cristóvão Silveira e a esposa Fátima...
 
O "feminicídio" que vitimou a jovem musicista Mayara Amaral...
 
A execução dupla na Vila Carioca que levou o motorista do Uber sem ter nada a ver com isso para o hospital...
 
A violência tem estampado o noticiário de Campo Grande, infelizmente.
 
Isso sem contar outros casos diários de estupros, assassinatos e demais episódios de estupidez humana que, de uns tempos para cá, viraram rotina na antigamente pacata Cidade Morena.
 
Lastimável!



No Facebook, Filipi Silveira conta que Mayara ia cantar na missa de sétimo-dia dos pais mas também acabou assassinada

Postado por Marco Eusébio , 28 Julho 2017 às 14:30 - em: Principal

 
Agora, a revelação de outra triste coincidência. 
 
O filho do casal, Filipi Silveira, relatou ontem no Facebook que, um dia antes, convidou a musicista Mayara Amaral para cantar na missa dos pais a música "Pra Você Guardei o Amor", de Nando Reis, que a mãe queria que fosse tocada na cerimônia de casamento. Filipe contou que a jovem "prontamente topou e começou ensaiar no mesmo dia". 
 
Entretanto, Filipe lamentou que "Mayara sumiu" no dia da missa. "...achei que ela tinha esquecido ou algo urgente ocorreu para ela resolver". Infelizmente, a Mayara não poderia mais cantar. "Mayara não foi a Missa porque também sofreu uma emboscada covarde e foi assassinada de um modo cruel e selvagem".
 
Leia aqui a íntegra do relato de Filipi Silveira no Facebook.



Silveira e Fátima: missa será na igreja escolhida para casamento religioso pelo casal no dia em que ele faria 66 anos

Postado por Marco Eusébio , 24 Julho 2017 às 13:45 - em: Principal

Nesta terça-feira, às 19h, acontece a missa de sétimo dia do ex-vereador Cristóvão Silveira e da sua esposa Fátima de Jesus Diniz Silveira, na Paróquia Sagrado Coração de Jesus (Av. Mato Grosso, Bairro Santa Fé) em Campo Grande. O casal foi assassinado a golpes de facão por um grupo comandado pelo caseiro no Sítio Bem-te-ví, de propriedade da família (leia aqui). Lu Souza, ex-assessora do vereador, diz que o casal se conheceu na Câmara. "Ela era secretária da presidência e ele assessor do então vereador Waldir Cardoso". Silveira e Fátima, conta a ex-assessora, eram casados no regime civil e haviam escolhido a igreja onde acontecerá a missa para celebrar seu casamento religioso nesta terça-feira, 25 de julho, Dia de São Cristóvão, quando ele, batizado com o nome do padroeiro dos caminhoneiros, completaria 66 anos.




Manchas de sangue foram encontradas em vários locais do sítio onde Silveira e Fátima foram assassinados

Postado por Marco Eusébio , 19 Julho 2017 às 11:15 - em: Principal

Um duplo e brutal assassinato que vitimou o ex-vereador Cristóvão Silveira, de 65 anos, e sua esposa Fátima de Jesus Diniz Silveira, de 56, choca Campo Grande. O crime aconteceu no Sítio Bem Te Vi, propriedade do casal, situado no km 24 da MS-080, na saída para Rochedo, e teria sido cometido entre o fim da tarde e o início da noite de ontem pelo caseiro que trabalhava no local, com ajuda de pelo menos um filho e um outro homem, que fugiram com uma caminhonete Mitsubishi L200 do ex-vereador. 
 
Silviera teve o rosto desfigurado. O couro cabeludo foi arrancado e os dedos da mão decepados, provavelmente, ao tentar se defender de golpes de facão. Fátima foi degolada e teve o corpo parcialmente queimado. Ela foi encontrada com a calça abaixada, usando calcinha e uma blusa e a polícia investiga se foi estuprada. 
 
Depois do crime, o caseiro ligou para a Polícia Militar dizendo que bandidos teriam invadido o local em um assalto, mas entrou em contradições e acabou confessando os assassinatos. O caseiro, o filho e outro envolvido que tentavam levar o veículo para a Bolívia foram presos e, conforme as últimas notícias, levados Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco, Assaltos e Sequestros (Garras). Dois outros envolvidos ainda são procurados.