Campo Grande, Domingo , 19 de Novembro - 2017


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br

Posts com a tag: waldeli-dos-santos-rosa

Caso André insista em não ser candidato, Waldeli, que vai se filiar na sigla na convenção, estará apto à disputa

Postado por Marco Eusébio , 16 Novembro 2017 às 18:30 - em: Principal

Seja qual for a decisão a ser tomada na convenção estadual do PMDB adiada para o primeiro sábado de dezembro, dia 2, o partido terá candidatura própria ao governo de Mato Grosso do Sul nas eleições de 2018, conforme integrantes da cúpula confidenciaram ao Blog. O principal nome continua sendo o de André Puccinelli, cotado a assumir a presidência na convenção e conduzir a sigla durante o pleito eleitoral. Caso o ex-governador (que hoje diante da insistência da imprensa lembrou já haver dito antes que não pretende ser candidato) resolva não se candidatar, o principal cotado deverá ser o prefeito de Costa Rica, Waldeli dos Santos Rosa, que confirmou hoje  ao Blog que vai se filiar ao partido na convenção.




Waldeli recebeu a visita do juiz Odilon e ambos trocaram convites para supostas chapas majoritárias

Postado por Marco Eusébio , 13 Novembro 2017 às 18:00 - em: Principal

Dois dias antes de ser lançado pré-candidato ao governo de MS pelo PDT, Odilon de Oliveira visitou Costa Rica na quinta-feira e conversou com o prefeito Waldeli dos Santos Rosa. 
 
A viagem do magistrado gerou comentários nos bastidores políticos de Campo Grande de que ambos estariam se unindo nas eleições de 2018. 
 
De fato, a conversa existiu como mostra a foto acima. E foi bastante amistosa. Na ocasião, ambos "brincaram" de trocar convites. 
 
Waldeli (que vai para o PMDB e, caso André não seja candidato, está disposto a disputar o governo) convidou Odilon a disputar o Senado em sua chapa. 
 
De volta, ouviu convite semelhante, para ser vice na chapa a ser montada pelo PDT, feito pelo juiz federal aposentado.



Odilon foi convidado por Waldeli para disputar o Senado e convidou o prefeito para ser vice em sua chapa

Postado por Marco Eusébio , 13 Novembro 2017 às 16:00 - em: Principal

Dois dias antes de ser lançado pré-candidato ao governo de MS pelo PDT, Odilon de Oliveira visitou Costa Rica na quinta-feira e conversou com o prefeito Waldeli dos Santos Rosa. 
 
A viagem do magistrado gerou comentários nos bastidores políticos de Campo Grande de que ambos estariam se unindo nas eleições de 2018. 
 
De fato, a conversa existiu. Na ocasião, ambos "brincaram" de trocar convites. 
 
Waldeli (que vai para o PMDB e, caso André não seja candidato, está disposto a disputar o governo) convidou Odilon a disputar o Senado em sua chapa. 
 
De volta, ouviu convite semelhante, para ser vice na chapa a ser montada pelo PDT, feito pelo juiz.



André Puccinelli vai presidir o PMDB nas eleições de 2018, mas ainda não confirmou se será candidato

Postado por Marco Eusébio , 04 Novembro 2017 às 17:30 - em: Principal

André Puccinelli assumirá a presidência do PMDB no dia 18 deste mês, substituindo o deputado estadual Júnior Mochi, e comandará o partido nas eleições de 2018 em Mato Grosso do Sul. O ato político será a partir das 9h no Golden Class, nos altos da Avenida Mato Grosso em Campo Grande, próximo à sede do PMDB, informa o presidente municipal da sigla, Ulisses Rocha. Falta confirmar quem vai representar o partido na sucessão do governador Reinaldo Azambuja (PSDB). André continua sendo o principal nome, mas caso o ex-governador resolva não ser candidato, o PMDB terá como opção Waldeli dos Santos Rosa. O prefeito de Costa Rica confirmou hoje ao Blog que vai para o partido. "Está tudo certo, só falta combinar a data com o novo presidente que vai assumir no dia 18", disse o Waldeli.




A 'chefe de controle de gastos' Liliana, e a reunião dos técnicos da AGU com secretários de Costa Rica

Postado por Marco Eusébio , 04 Novembro 2017 às 14:00 - em: Principal

Um inspeção de surpresa foi feita por técnicos do Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (AGU) em uma prefeitura do interior de Mato Grosso do Sul. O motivo da "fiscalização", entretanto, foi diferente. A equipe ficou por três dias na cidade, duas semanas atrás, tentando entender como a gestão do prefeito Waldeli dos Santos Rosa, em Costa Rica, consegue economizar nos gastos, fazer sobrar dinheiro em caixa e até pagar o "décimo sexto salário" para professores da rede municipal e usar essas informações para servir de modelo a outros municípios brasileiros.
 
A subsecretária de Administração, Liliana de Campos, que na prática atua como "chefe do controle de gastos", explicou ao jornal O Estado MS que o "segredo" da gestão não se trata de mágica e consiste em três atitudes: transparência, controle social efetivo e responsabilidade fiscal. "Todo dia no 'Diário Oficial' publicamos algo parecido com um livro-caixa, que é o nosso boletim de contas. O Waldeli é muito exigente quanto à transparência e ao controle dos gastos. Todo funcionário público sabe que aqui os gastos são obrigatoriamente diminuídos cada vez que uma operação é realizada, ou pelo menos mantidos de patamar. Outro ponto importante é o feedback. Não há processo sem avaliação", disse Liliana.
 
Leia mais aqui em pdf no site de O Estado MS.



Embora ninguém tenha confirmado candidatura, Ipems colocou cinco nomes para eleitor escolher

Pesquisa Ipems divulgada hoje pelo jornal Correio do Estado aponta que se as eleições para governador de Mato Grosso do Sul fossem hoje, haveria segundo turno com o ex-governador André Puccinelli, com 26,91% das intenções de voto, tecnicamente empatado com o juiz aposentado Odilon de Oliveira, com 25,29%. O atual governador Reinaldo Azambuja (PSDB) aparece em terceiro com 16,92%. Em quarto está Waldeli dos Santos Rosa, prefeito de Costa Rica, com 6,26%; e, em quinto lugar, o médico Ricardo Ayache (3,21%). Indecisos e os que dizem votar em branco ou nulo somam 21,41%. Com margem de erro de 2,68 pontos para mais ou para menos, a pesquisa foi feita de 18 a 25 com 1.329 eleitores em 50 dos 79 municípios de MS, diz o Ipems.




Carlos Marun ao falar com a imprensa hoje em Campo Grande durante evento na Esplanada Ferroviária

Postado por Marco Eusébio , 27 Outubro 2017 às 12:45 - em: Principal

Carlos Marun (PMDB) defendeu hoje em Campo Grande que seu partido tenha como candidatos majoritários em 2018 André Puccinelli para o governo de MS e Michel Temer para a reeleição à Presidência da República. "O PMDB não vai apoiar o Alckmin e precisa ter candidato próprio" disse o deputado, colocando Temer como "primeira opção" pois "não está tal mal como tentam mostrar". 
 
Para o governo de Mato Grosso do Sul, Marun frisou que André "sempre será" a primeira opção do PMDB. E disse que há outros nomes caso o ex-governador não queria ser candidato, citando Waldeli dos Santos Rosa, prefeito de Costa Rica, que deve ingressar no partido nos próximos dias.
 
Sobre a votação da Câmara que barrou a segunda denúncia da PGR contra o presidente e as críticas por ser um dos principais defensores de Temer no Congresso, Marun afirmou: "Agora está tudo tranquilo, o presidente está governando o País e o Brasil voltou a avançar. Tenho recebido mais cumprimentos do que críticas, em relação ao desempenho do governo".
 
(Com CampoGrandeNews)



Para quem insiste em pensar o contrário, o leitor deixa claro que democracia é bom, mas infelizmente tem seus 'preços'

Postado por Marco Eusébio , 04 Outubro 2017 às 11:00 - em: Principal

Comentário do xará leitor Marco Tulio Schneider no Twitter sobre a iniciativa do prefeito de Costa Rica, Waldeli dos Santos Rosa, de agradecer aos internautas pela votação que obteve na enquete sobre prováveis candidatos ao Governo de MS em 2018 aqui divulgada.
 



Waldeli hoje via WhatsApp

Postado por Marco Eusébio , 03 Outubro 2017 às 16:45 - em: Principal

"Minha gratidão, pois mesmo não sendo tão conhecido no Estado consegui atingir 46,12% das intenções de voto, o que é muito satisfatório", escreveu o prefeito de Costa Rica, Waldeli dos Santos Rosa, de mudança para o PMDB de André, em mensagem no WhatsApp e no Facebook hoje, ao divulgar o resultado da Enquete da Semana encerrada hoje aqui no Blog e agradecendo aos votos virtuais recebidos.




Depois de reunião hoje do PMDB, Marun confirmou ida de Waldeli para o PMDB conforme antecipou este Blog

Postado por Marco Eusébio , 02 Outubro 2017 às 12:15 - em: Principal

O deputado federal Carlos Marun confirmou hoje ao site Campo Grande News, após reunião da executiva do PMDB na Capital, o que foi antecipado aqui no Blog desde o início do ano: o prefeito de Costa Rica Waldeli dos Santos Rosa (PR) vai se filiar ao partido e se tornará uma das opções do PMDB para disputar o governo de Mato Grosso do Sul em 2018 caso o "número um", o ex-governador André Puccinelli, não queria voltar a ser candidato. "Waldeli vem como uma das opções, mas não com a condição de ser candidato", afirmou (tentando aliviar o foco de adversários ao já considerado "número dois") o Marun ao site.