Campo Grande, Quarta-Feira , 21 de Fevereiro - 2018


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br

Posts com a tag: veiculos

Mercedes parada em blitz do BPTTran da PM na Via Parque: veículo soma R$ 48 mil em dívidas

Postado por Marco Eusébio , 17 Fevereiro 2018 às 16:30 - em: Principal

Uma Mercedes com IPVA e licenciamento atrasados desde 2014 que somam quase R$ 40 mil, mais outras dívidas de multas urbanas e rodoviárias que, somadas a outros débitos, totalizam pouco mais de R$ 48 mil foi apreendida na madrugada de hoje em blitz do Batalhão de Polícia Militar de Trânsito (BPTran), na Via Parque, Bairro Vivendas do Bosque, área nobre de Campo Grande. Também foi apreendido um Audi, sem placas, avaliado em pelo menos R$ 1 milhão. Conforme determinação do Denatran, veículos devem circular com placas em até 15 dias após a compra. Passado esse prazo, a lei prevê apreensão e multa gravíssima, de R$ 293, mais sete pontos na CHN. (Com G1MS)




Anunciado como tendo motor de 140 cavalos, o Veloster tem apenas 105 cavalos de potência

Postado por Marco Eusébio , 16 Janeiro 2018 às 17:30 - em: Principal

A Hyundai foi condenada a pagar R$ 20 mil a um consumidor por vender veículo com potência inferior à anunciada. A decisão é da juíza de Direito Paula da Rocha e Silva Formoso, da 36ª vara Cível de São Paulo. O autor da ação alegou que comprou um Veloster por R$ 82 mil, mas ao tentar vender o carro foi surpreendido pela depreciação no mercado, devido a denúncias sobre o modelo. Ele então levou o veículo até uma oficina especializada que constatou em laudo que a potência do motor era de apenas 105 cavalos e não de 140, como anunciado pela empresa. A Hyundai negou as acusações e argumentou que o teste de potência deveria ser realizado em equipamento específico, mas não o fez. "Constatado que o automóvel adquirido pelo autor alcança potência máxima muito inferior à anunciada pela ré, surge para o comprador o direito de requerer o desfazimento do negócio, com a restituição do preço pago, ou abatimento proporcional do preço", sentenciou a juíza. (Com Migalhas)




Reconhecimento de firma deverá ser comunicado pelo próprio cartório via online ao Detran-MS e à Secretaria de Fazenda

Postado por Marco Eusébio , 06 Novembro 2017 às 14:15 - em: Principal

Projeto de lei assinado pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB) desburocratiza e agiliza a transferência de veículos em Mato Grosso do Sul. O texto determina que os próprios cartórios, no momento do reconhecimento da firma de quem vendeu e de quem comprou um veículo, deve comunicar online ao Detran-MS e à Secretaria Estadual de Fazenda (Sefaz) para que o antigo dono passe imediatamente a não ter mais responsabilidade civil, administrativa, tributária e criminal sobre o bem. Esse comunicado é feito hoje pelos envolvidos na compra, ou por meio de despachante, que têm de ir pessoalmente ao Detran levar os documentos com firma reconhecida em cartório. Enviada à Assembleia, a proposta deve tramitar em regime de urgência.




Anfavea estima que número de veículos produzidos neste ano chegue a 2,7 milhões, 500 mil a mais do que em 2016

Postado por Marco Eusébio , 10 Outubro 2017 às 11:00 - em: Principal


Automóveis em pátio de montadora em São Bernardo do Campo: indicadores apontam recuperação no setor

Postado por Marco Eusébio , 02 Junho 2017 às 09:00 - em: Principal

A venda de veículos novos chegou a 195.568 unidades em maio, incluindo automóveis, veículos comerciais leves, caminhões e ônibus, num aumento de 16,77% em relação a maio de 2016, com 167.487 unidades vendidas. O acumulado do ano chegou a 824.455 unidades, 1,57% a mais em relação ao doze meses anteriores. É a primeira alta nesse tipo de comparação desde 2014. Os dados divulgados ontem pela Fenabrave indicam recuperação na indústria automotiva. Para o presidente da entidade, Alarico Assumpção Júnior, o crescimento do PIB alavancado pelo setor agropecuario traz boas notícias ao setor. A Fenabrave projeta um crescimento de 3,11%  para o ano em todo o setor de veículos que inclui, além de automóveis e utilitários, motos e implementos agrícolas.