Campo Grande, Segunda-Feira , 20 de Novembro - 2017


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br

Posts com a tag: ulisses-rocha

Ulisses Rocha diz que sem André não haverá reunião e Mochi confirmou o encontro para amanhã na sede do PMDB

Postado por Marco Eusébio , 15 Novembro 2017 às 14:00 - em: Principal

Lideranças do PMDB contam com a presença de André Puccinelli amanhã na reunião para tratar da convenção estadual do partido. O encontro foi marcado após a prisão do ex-governador na Operação Papiros de Lama da Polícia Federal, ontem, em Campo Grande, para decidir se manteriam para sábado ou seria adiada a convenção que visa eleger André presidente regional para conduzir a sigla nas eleições de 2018. Com a decisão do desembargador Paulo Pontes, do TRF3, que hoje mandou soltar Puccinelli, o evento deve ser mantido para às 10h de sábado no Golden Class. 
 
"A reunião está marcada para amanhã, às 11h, na sede do partido" informou há pouco o atual presidente regional da sigla, deputado Júnior Mochi. "O PMDB trata esse assunto com a maior seriedade. Essa ação foi completamente direcionada a atingir a honra e a integridade do ex-governador André Puccinelli e eu penso que o partido deve a ele um grande ato de desagravo. Não haverá reunião sem a presença dele", disse ao Blog o presidente municipal da sigla, Ulisses Rocha.



Ulisses discursa ao ser reeleito no comando do PMDB municipal afinando o discurso da sigla para 2018

Postado por Marco Eusébio , 21 Agosto 2017 às 16:30 - em: Principal

Lideranças do PMDB demonstraram discurso unificado em torno da candidatura própria ao Governo de Mato Grosso do Sul durante a convenção que reconduziu Ulisses Rocha à presidência municipal da sigla em Campo Grande. O próximo passo neste sentido será eleger André Puccinelli presidente estadual do partido em novembro para que ele passe a percorrer o estado preparando a sigla para 2018. E se depender da vontade da maioria das lideranças da sigla, pavimentando seu próprio caminho para voltar a disputar a cadeira de governador.




Oriundos da Juventude peemedebista em encontro 'casual': Juliano (Podemos), Ulisses (PMDB) e Odilon (PDT)

Postado por Marco Eusébio , 18 Agosto 2017 às 12:15 - em: Principal

Em temporada de articulações pré-eleitorais, três ex-integrantes da Juventude do PMDB, que hoje são presidentes municipais de seus respectivos partidos, se reencontraram nesta semana em Campo Grande: Juliano Gogosz (Podemos), Ulisses Rocha (PMDB) e o vereador Odilon Júnior (PDT). 




Senador Moka, Ulisses (que será reeleito presidente na Capital), Mochi (que deixará o comando estadual) e André Puccinelli

Postado por Marco Eusébio , 15 Agosto 2017 às 14:30 - em: Principal

Ulisses Rocha será reconduzido à presidência do Diretório Municipal do PMDB de Campo Grande, por consenso das lideranças, durante convenção no próximo sábado das 8 às 11h na sede da sigla na Capital. A direção estadual vai ter mudança. Na convenção prevista para novembro, ainda sem data marcada, o deputado Júnior Mochi deixará a presidência. Os cotados para ocupar o cargo e comandar o partido nas articulações para as eleições de 2018 são, por ordem alfabética, o ex-governador André Pucinelli e os senadores Moka e Simone Tebet.




Apesar de obstáculos na pista, Ulisses aposta em polarização de grupos ligados a André e Azambuja

Postado por Marco Eusébio , 12 Junho 2017 às 13:00 - em: Principal

Faltando pouco mais de seis meses para 2018, quase ninguém se arrisca a apostar em quem será candidato ao governo de Mato Grosso do Sul no ano que vem. No meio político, o consenso é o de que a Lama Asfáltica e a denúncia da JBS na Lava Jato embaralharam as cartas ao respingar nos três últimos governadores – Zeca do PT, André Puccinelli (PMDB) e Reinaldo Azambuja (PSDB).
 
Há, entretanto, quem pense diferente. Consultado, o presidente do PMDB de Campo Grande, Ulisses Rocha, disse acreditar que a disputa deve seguir polarizada entre os grupos ligados Puccinelli, de seu partido, e o tucano e atual governador Azambuja. 
 
– "Ambos estarão na disputa. Seja como candidatos, seja como apoiadores. No nosso partido, o desejo continua sendo que o ex-governador André seja candidato. E no PSDB, Azambuja segue sendo o principal nome. Os dois partidos têm a maior representação na Capital e no interior e isso pesa no cenário eleitoral."
 
Questionado se alguém "fora da política" pode acabar surpreendendo, Ulisses demonstrou pouca fé em um 'outsider' e respondeu aqui ao Blog: "Acho difícil. Mas, se acontecer, esse novo político só terá força se for apoiado por um desses dois grupos políticos."