Campo Grande, Terça-Feira , 16 de Janeiro - 2018


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br

Posts com a tag: twitter

Padilha alegando que a filha 'mecheu' no celular; e a foto da torcida do Bayern que Gleisi pensou que fosse homenagem a Lula

Postado por Marco Eusébio , 15 Janeiro 2018 às 09:00 - em: Principal

No fim de semana, dois jogadores famosos do campo político – a senadora e presidente do PT Gleisi Hoffmann e o ministro-chefe da Casa Civil Elizeu Padilha – chutaram e erraram feio nas redes sociais.
 
Gleisi reproduziu no Twitter a foto acima, à direita, e escreveu: 
 
– "SHOW DE TORCIDA!! Um apaixonado por futebol como @LulapeloBrasil merece mesmo o carinho e a homenagem de torcedores no mundo todo. Recebi esta imagem, que mostra uma faixa 'FORZA LULA' na torcida do Bayern de Munique, ontem, na partida contra o Bayer Leverkusen, pela Liga Alemã".
 
O jornal curitibano Gazeta do Povo divulgou a gafe, informando a senadora paranaense que a faixa dizia "Forza Luca", feita por torcedores do Bayern de Munique, homenageava um torcedor italiano que entrou em coma após uma briga de torcidas. 
 
Raivosa, Gleisi deu de bico na canela a Gazeta do Povo: 
 
– "Recebi de um torcedor! Fiz de boa fé! Sacanagem é esse tabloide virtual de quinta categoria ficar sacaneando".
 
Do lado oposto do campo, Elizeu Padilha curtiu uma tuitada da esquerda, e depois se explicou no Twitter: 
 
– "Não curti nenhum Twitter de Leonardo Boffo hoje à tarde. Tenho uma filha de 3 aninhos que mecheu no meu celular. Foi um acidente que já corrigi." 
 
Ironizado por escrever "mecheu" com ch, o Padilha corrigiu a postagem e escreveu "mexeu". Mas não escapou dos cartões amarelos. Embora apagada, a gafe (acima, à esquerda) já havia sido printada e foi reproduzida pelo Ricardo Noblat (O Globo) no Twitter.



Presidenciável da direita e o petista Paulo Pimenta afirmam no Twitter que ataques à Bolsonaro visam eleger Alckmin

Postado por Marco Eusébio , 12 Janeiro 2018 às 14:00 - em: Principal

Adversários, os deputados Jair Bolsonaro (RJ) e Paulo Pimenta (RS), líder do PT na Câmara, concordam em uma coisa. Sobre a "guerra" da Folha com o presidenciável de direita, ambos postaram nas redes sociais que os ataques visam ajudar a eleger o governador Geraldo Alckmin (PSDB-SP) como sucessor de Michel Temer. 
 
Bolsonaro, entre outras postagens no Twitter, exibiu imagem extraída do Facebook do tucano dizendo que Alckmin é o "pré-candidato preferido dos leitores da Folha" e escreveu: "Só não entende quem não quer! Extraído do FaceBook do próprio Governador. Parabéns Folha de São Paulo pela força ao seu patrão."
 

Paulo Pimenta, também no Twitter, disparou: "Não se iludam com a grande mídia atacando Bolsonaro. Sua verborragia criminosa de extrema-direita é notória há mais de 20 anos e o atacam agora não por combater racismo, homofobia, misoginia ou xenofobia, mas para que ele não atrapalhe os tucanos nas #eleições2018"

Vejam as postagens abaixo:




Hastag #InsultoDeNatal foi uma das mais postadas no Twitter com críticas a Temer pelo desconto de 80% na pena de corruptos

Postado por Marco Eusébio , 28 Dezembro 2017 às 11:00 - em: Principal

A propósito, o indulto de Natal de Michel Temer que dá 80% de desconto na pena de corruptos neste fim de ano foi chamado de #InsultoDeNatal em hastag no Twitter e virou um dos assuntos mais comentados na rede social ontem. A promotora de justiça de Campo Grande, Paula Volpe, por exemplo, usou a hastag para retuitar comentário abaixo do promotor de justiça de São Paulo, Roberto Livianu, que postou link abaixo do site El País dizendo que "Temer faz a black friday do colarinho branco".




Postado por Marco Eusébio , 24 Dezembro 2017 às 11:00 - em: Principal




Caricatura do Brasil de verdade que até pouco tempo atrás a sociedade fingia não ver

Postado por Marco Eusébio , 19 Dezembro 2017 às 09:00 - em: Principal

Ricardo Noblat reproduzindo no Twitter o bom humor das redes sociais sobre personagens da Corte Suprema formada por indicados políticos atuando em defesa do chamado sistema, no entrelaçamento dos poderes do Brasil. Coisa que a gente vive faz tempo, mas, só agora, quando cabrais não são mais considerados herois, se mostra às claras.




Cada funcionário seria responsável por controlar de 20 a 50 perfis falsos nas redes sociais

Postado por Marco Eusébio , 08 Dezembro 2017 às 12:30 - em: Principal

A história já é antiga e seja em Campo Grande e na maioria das cidades brasileiras de perfis "fakes" criados nas redes sociais por gente paga, muitas vezes com dinheiro público, para elogiar ou atacar políticos. Agora, entretanto, a BBC Brasil em Londres levantou o lado "profissional" dessa malandragem e apurou que perfis falsos criados no Facebook e no Twitter foram usados por pessoas contratadas por uma empresa com base no Rio de Janeiro para manipular opinião pública nas eleições de 2014 no Brasil. A estratégia seria semelhante à usada por russos nas eleições dos EUA. 
 
A reportagem reuniu vasto material com o histórico da atividade online de mais de 100 supostos fakes e identificou 13 políticos que teriam se beneficiado da atividade, dentre eles os senadores Aécio Neves (PSDB-MG) e Renan Calheiros (PMDB-AL) e o atual presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE). Não há evidências de que os políticos soubessem que o uso de perfis falsos fazia parte de um serviço de consultoria em redes sociais.
 
Parte desses perfis já vinha sendo pesquisada pelo Laboratório de Estudos sobre Imagem e Cibercultura (Labic) da Universidade Federal do Espírito Santo, coordenado pelo pesquisador Fábio Malini. "Os ciborgues ou personas geram cortinas de fumaça, orientando discussões para determinados temas, atacando adversários políticos e criando rumores, com clima de 'já ganhou' ou 'já perdeu'", explica Malini.  Os fakes, afirma, exploram o chamado "comportamento de manada" em que as pessoas tendem a seguir um líder.
 



Fotos do namorado de Fátima Bernardes e do cantor Luan Santana postadas por Evaristo Costa no Twitter

Postado por Marco Eusébio , 08 Dezembro 2017 às 11:00 - em: Principal

"Separados por uma Fátima" escreveu Evaristo Costa nas redes sociais ao postar fotos do namorado de Fátima Bernardes e do cantor Luan Santana. Alguns seguidores avaliaram que "nada a ver". Para outros, são quase gêmeos. E você, o que acha?




Anúncio da posse de Marun no Twitter oficial do Planalto teria irritado tucanos levando Temer a adiar saída de Imbassahy

Postado por Marco Eusébio , 24 Novembro 2017 às 17:00 - em: Principal


Postado por Marco Eusébio , 15 Novembro 2017 às 16:00 - em: Principal

Do Ricardo Noblat (O Globo) no Twitter.




Postado por Marco Eusébio , 15 Novembro 2017 às 14:49 - em: Papo de Arquibancada

Do Ricardo Noblat (O Globo) no Twitter.