Campo Grande, Quarta-Feira , 21 de Fevereiro - 2018


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br

Posts com a tag: tv

Aguinaldo Silva será indenizado por causa do personagem 'Aguinaldo Senta' interpretado pelo humorista Ceará

Postado por Marco Eusébio , 20 Novembro 2017 às 11:45 - em: Principal

A 17ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) manteve decisão que condenou da Band TV, o humorista Francisco Wellington de Moura Muniz (Ceará), o ex-diretor Alan Rapp, o comediante Marcelo Piccon, do programa "Pânico na Band", a pagar R$ 100 mil de indenização ao escritor e autor de novelas Aguinaldo Silva, devido ao personagem "Aguinaldo Senta". A decisão foi tomada com base no direito de imagem. Os desembargadores avaliaram que o programa expôs o autor a situação de constrangimento e ridículo com o personagem que ironizava os trejeitos de Aguinaldo.




Briga nas redes sociais: em vídeo no Instagram, Datena contra-ataca depois de Xuxa criticar seu filho Joel no Facebook

Postado por Marco Eusébio , 02 Outubro 2017 às 10:15 - em: Principal

A apresentadora Xuxa que usou sua fama para fazer campanha em favor da "Lei da Palmada", aprovada no Congresso em 2014 que proíbe castigo físico aos filhos, se envolveu em polêmica nas redes sociais neste fim de semana ao criticar pelo Facebook o apresentador Joel Datena, por ele comentar no programa Brasil Urgente sobre uma criança de 10 anos que pegou um carro e saiu gravando, dizendo que se fosse filho dele daria umas palmadas, pois seria melhor ele bater do que a polícia. "Como uma pessoa que deveria passar informação é tão desinformado. Uma criança não deve ser corrigida com porrada, é fato, é lei", disparou Xuxa. Horas depois, o também apresentador José Luiz Datena postou vídeo no Instragram e, sem citar o nome de Xuxa, rebateu dizendo que uma das poucas vezes que quis "dar umas palmadas" no filho Joel foi quando ele assistiu "àquela garota de programa infantil, que cresceu e continua infantil. E além disso imbecil". Veja o vídeo.




Deputado oposicionista exibe cartaz na sessão de hoje da Câmara dizendo que 87% não confiam em Temer

Postado por Marco Eusébio , 02 Agosto 2017 às 13:30 - em: Principal

Deputados da oposição pretendem adiar a sessão desta quarta na Câmara para que a votação em que os parlamentares deverão dizer se aceitam ou não a denúncia contra Michel Temer por corrupção passiva ocorra à noite, no chamado "horário nobre" da TV, quando mais eleitores estarão de olho na telinha, visando constranger os apoiadores do presidente perante a opinião pública que, conforme o Ibope, defendem o processo. Porém, talvez nem fosse preciso. Ao comentar a estratégia ao encerrar o Jornal Hoje da TV Globo há pouco, a jornalista Sandra Annenberg afirmou: "Horário nobre hoje é o dia todo."