Campo Grande, Terça-Feira , 17 de Outubro - 2017


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br

Posts com a tag: sao-paulo

Cesare Battisti ao desembarcar hoje no Aeroporto de Cumbica, em São Paulo, após prisão 'vapt-vupt' em Corumbá

Postado por Marco Eusébio , 07 Outubro 2017 às 13:40 - em: Principal

Cesare Battisti desembarcou na manhã deste sábado no Aeroporto de Cumbica, de volta a São Paulo, depois de ganhar a liberdade por habeas corpus concedido pelo Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3) e deixar Mato Grosso do Sul. No estado vizinho, Battisti tem dois endereços onde pode ficar: um em São José do Rio Preto, interior; e outro em Cananéia, no litoral.  
 
Preso em Corumbá na quarta-feira tentando entrar na Bolívia com 6 mil dólares e 1,3 mil euros, o italiano teve a prisão preventiva decretada na quinta pelo juiz federal de Campo Grande, Odilon de Oliveira, por evasão de divisas, lavagem de dinheiro e por tentar fugir do país por temer ser extraditado para a Itália. Mas foi vapt-vupt. Ontem, o desembargador José Marcos Lunardelli, do TRF3, mandou soltar o italiano.
 
Lunardelli descartou a imputação de lavagem de dinheiro e disse que, pelo CPP, a pena máxima por evasão de divisas não atinge o mínimo de 4 anos para a prisão preventiva ser decretada. Discordou também que Battisti fosse fugir: "Após negativa de extradição, o Conselho Nacional de Imigração concedeu-lhe visto de permanência, não se tratando, pois, de refugiado", declarou.
 
Ex-ativista do grupo Proletários Armados pelo Comunismo (PAC), Cesare Battisti está condenado à prisão perpétua em seu país, acusado de quatro assassinatos e terrorismo nos anos 70, e estava no Brasil na condição de refugiado concedida pelo governo Lula.



Postado por Marco Eusébio , 17 Julho 2017 às 13:00 - em: Papo de Arquibancada

Do jeito que a coisa anda ...ops! (não anda) para tricolores e colorados neste ano, o Milton Neves já anda divulgando nas redes sociais o ingresso do "clássico da Série B de 2018".




Rogério Ceni: 25 anos como goleiro e apenas seis meses como treinador do São Paulo

Postado por Marco Eusébio , 03 Julho 2017 às 14:30 - em: Papo de Arquibancada


João Doria diz que FHC, que não o apoio na campanha, tem errado seus prognósticos em relação a ele

Postado por Marco Eusébio , 24 Junho 2017 às 16:00 - em: Principal

Criticado por FHC, que declarou ontem que o prefeito de São Paulo não mudou nada na cidade e só conseguiu "algum sucesso" porque domina a comunicação em redes sociais, João Doria (ambos do PSDB), consultado pelo Estadão de S.Paulo, respondeu neste sábado: "Respeito e admiro muito o ex-presidente Fernando Henrique, mas acho que ele está precisando sair um pouco de seu apartamento e visitar São Paulo". 
 
Não foi a primeira vez que FHC e Doria trocam alfinetadas em declarações públicas. Em março, ao Estadão, o ex-presidente criticou indiretamente o discurso de Doria, de que ele é gestor e não político. "Se você for um gestor, não vai inspirar nada. Tem que ser líder", afirmou. Ao jornal O Globo, também no início do ano, FHC disse que Doria estava "começando" e seria "prematuro" pensar no nome dele para 2018, frisando que "credibilidade não é igual a popularidade". 
 
Doria, na época, também rebateu. Disse que FHC errou duas vezes em prognósticos sobre ele. "Respeito muito o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, mas eu só me lembro de que ele previu que eu não seria eleito nas prévias para ser candidato pelo PSDB. Apoiou outro candidato, o que não muda minha admiração. Ele mesmo já confessou que, quando comecei campanha para prefeito de SP, acreditava que eu não seria eleito. Venci as duas. Os dois primeiros prognósticos do FHC ele errou".



Suspeito de furtar bicicleta, rapaz teve frase escrita na testa por tatuador e amigo em São Bernardo do Campo

Postado por Marco Eusébio , 11 Junho 2017 às 12:30 - em: Principal

Em São Bernardo do Campo (SP) a polícia prendeu o tatuador Ronildo Moreira de Araújo, de 29 anos, e o vizinho dele, Maycon Wesley Carvalho dos Reis, de 27, acusados de tortura por tatuar "eu sou ladrão e vacilão" na testa de um adolescente de 17 anos que seria suspeito de furto. A tatuagem feita na manhã de sexta-feira foi filmada com o celular de Maycon, compartilhada no Whatsapp e o vídeo viralizou. Ontem, a juíza Inês Del Cid, da Vara Criminal da cidade, decretou a prisão preventiva dos dois, depois que familiares, que receberam um dos vídeos e denunciaram à polícia que o jovem usuário de drogas não estaria gozando de suas faculdades mentais e está desaparecido desde o dia 31 de março. Na delegacia, o tatuador e o amigo disseram à delegada Carolina Nascimento Aguiar que o adolescente teria tentado furtar uma bicicleta na região e "resolveram tatuar o mesmo como forma de punição". (Com G1 SP)




Sede do Instituto Lula em São Paulo: atividades liberadas por desembargador do TRF1

Postado por Marco Eusébio , 17 Maio 2017 às 09:00 - em: Principal

O desembargador Néviton Guedes, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), determinou a volta imediata das atividades do Instituto Lula em liminar expedida na noite anterior, o magistrado afirmou que não havia necessidade de se impedir o instituto de funcionar, ainda que a medida tenha sido implementada pela primeira instância como alternativa à prisão processual. A suspensão das atividades da entidade foi determinada no dia 9 pelo juiz federal Ricardo Soares Leite, da 10ª Vara Federal de Brasília que, também em liminar, afirmou que o Instituto Lula "pode ter sido instrumento, ou pelo menos local", de encontro para cometimento de "vários ilícitos criminais".

A decisão da suspensão foi tomada na ação penal sobre suposto crime de obstrução no caso em que o ex-senador Delcídio do Amaral (MS) aparece numa gravação oferecendo dinheiro ao ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa para não ser mencionado em sua delação premiada. Delcídio disse, em sua delação, que agiu a mando do ex-presidente Lula. Para o desembargador Néviton, entretanto, não há qualquer fato novo nem relação entre o objeto da ação e a suspensão das atividades do Instituto Lula, que nem é parte no processo. (Com ConJur)




Doria: 'da próxima vez acordem cedo para bloquear meu caminho'

Postado por Marco Eusébio , 28 Abril 2017 às 15:30 - em: Principal

Em São Paulo, maior capital do Brasil, João Doria criticou hoje as greves deflagradas por centrais sindicais contra as reformas trabalhista e da Previdência. O prefeito disse que acorda cedo e os grevistas não conseguiram bloquear seu acesso ao trabalho. "Eu acordo cedo e trabalho. Eu não sou grevista que dorme, é preguiçoso e acorda tarde. Eu não sou Jaiminho, não", disse à rádio Joven Pan.
 
Doria declarou que vai cobrar a multa fixada em R$ 500 mil por hora pela Justiça do Trabalho, a pedido da prefeitura, para o Sindicato dos Motoristas de São Paulo, que descumpriu a decisão de manter um percentual mínimo de ônibus circulando nas ruas.
 
"Vamos cobrar multas dos sindicatos que romperam a ordem e determinação da Justiça. Vamos cobrar as multas, meio milhão de reais para a paralisação de ônibus", disse. Sobre o corte de ponto de servidores da prefeitura, afirmou que quem faltar o dia todo terá o dia de salário descontado, mas devido a falta de ônibus "Haverá absoluta tolerância para situações de atraso."
 
Veja aqui a entrevista no canal da Jovem Pan no YouTube.



Lucca, da Ponte, e Jô, do Corinthians, comemoram gols das vitórias de hoje

Postado por Marco Eusébio , 16 Abril 2017 às 20:00 - em: Papo de Arquibancada

A famosa final do Paulistão de 1977 entre Corinthians e Ponte Preta está mais próxima se se repetir 40 anos depois. Depois de vencer o São Paulo por 2 a 0 hoje no Morumbi deixando o time de Rogério Ceni em crise com a segunda derrota decisiva seguida em casa, o Corinthians pode até perder de 1 a 0 no Itaquerão no próximo domingo. E no mesmo dia, a Macaca, que venceu por 3 a 0 o Palmeiras hoje, poderá perder por até 2 a 0 o jogo de volta.




Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo

Postado por Marco Eusébio , 12 Abril 2017 às 11:00 - em: Principal

O relator da Lava Jato no Supremo, ministro Edson Fachin, acatou pedido para arquivar as investigações contra pessoas que integraram, nas décadas de 80 e 90, os governos de Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná e de Santa Catarina. Essas pessoas não foram identificadas, informa a Agência Brasil.