Campo Grande, Quarta-Feira , 21 de Fevereiro - 2018


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br

Posts com a tag: rio-de-janeiro

Reinaldo Azambuja repete: 'em qualquer lugar do mundo a segurança das fronteiras é feita pelas Forças Armadas'
Consultado sobre a intervenção federal na segurança do Rio, o governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), que por vezes repetiu que o Brasil está "enxugando gelo" ao tentar combater o crime organizado nos grandes centros sem uma atuação eficaz nas fronteiras contra a entrada drogas e armas, voltou a defender a presença das Forças Armadas para fiscalizar os mais de 1.400 km de fronteira seca que separam o estado da Bolívia e do Paraguai.
 
– "Já apresentamos projeto neste sentido ao Ministério da Justiça, e entendemos que não adianta combater o problema da droga nos morros do Rio e nos grandes centros, se não blindarmos as nossas fronteiras", disse Azambuja ao jornal O Globo.
 
O jornal também ouviu o governador Confúcio Moura (MDB), de Rondônia, que também faz fronteira com a Bolívia, que afirmou: "Essa intervenção é uma atitude última para dar uma resposta imediata à situação. Mas não resolve, porque o Rio de Janeiro é apenas o efeito. A causa está nas fronteiras brasileiras, na ausência da presença do Estado nessa extensa fronteira. Se o governo não encarar o problema real, o resultado vai ser decepcionante."



Comunicado do Exército para todas as organizações militares foi divulgado no Twitter nesta noite

Depois de reunião hoje com Michel Temer, acompanhado do general Braga Netto, interventor na segurança pública do Rio de Janeiro, o comandante do Exercito, general Villas Boas, mandou distribuir comunicado a todas as organizações militares do Brasil comunicado informando que na audiência com o presidente foram apresentados "alguns pontos que devem ser detalhados e regulamentados em Decreto Presidencial complementar". "O Comandante do Exército, em face da gravidade da crise, entende que a solução exigirá comprometimento, sinergia e sacrifício dos poderes constitucionais, das instituições e, eventualmente, da população", diz a nota. Leia a íntegra aqui no site do Exército Brasileiro.




Exército vai assumir o comando das forças policiais e bombeiros e terá poder de prisão de seus membros

Postado por Marco Eusébio , 16 Fevereiro 2018 às 09:00 - em: Principal

O governo federal decreta hoje intervenção na segurança pública do Rio de Janeiro. O interventor será o general Walter Souza Braga Neto, do Comando Militar do Leste, que, na prática, vai substituir o governador na área de segurança pública. O Exército vai assumir o comando das forças policiais, bombeiros e área de inteligência, com poder de prisão de seus membros. A decisão foi tomada pelo presidente Michel Temer após tensa reunião na noite anterior no Alvorada com o governador Luiz Fernando Pezão, os presidentes do Senado, Eunício Oliveira, da Câmara, Rodrigo Maia, e ministros. O decreto já começa a valer a partir da publicação. Pela Constituição, cabe ao presidente do Congresso, senador Eunício Oliveira (MDB-CE), convocar sessão para que as duas Casas Legislativas aprovem ou rejeitem a intervenção em dez dias. Enquanto a intervenção estiver em vigor, a Constituição não pode ser alterada, o que impede a reforma da Previdência.




Ratão puxa o prédio da Petrobras transformado em favela na crítica política do desfile da campeã Beija Flor

Postado por Marco Eusébio , 14 Fevereiro 2018 às 17:15 - em: Principal

Com críticas ao "Brasil monstruoso" inspirado no romance "Frankenstein", em que abordou a corrupção e intolerância no enredo "Monstro é aquele que não sabe amar (Os filhos abandonados da pátria que os pariu)", a Beija Flor, de Nilópolis, é a campeã do carnaval do Rio de Janeiro em 2018, conquistando seu 14º título, só atrás da Portela e Mangueira no total de vitórias. A política também marcou o desfile da vice-campeã, a Paraíso de Tuiuti, que abordou a história da escravidão no país e condenou a recém aprovada reforma trabalhista desfilando com o boneco de um vampiro com a cara de Michel Temer usando faixa presidencial. Foram rebaixadas a Grande Rio e a Império Serrano.




Lula e Sérgio Cabral, antigos aliados: Rio 'não merece ter governadores presos porque roubaram o povo'

Postado por Marco Eusébio , 11 Dezembro 2017 às 16:00 - em: Principal

Lula defendeu seus aliados presos e voltou a criticar a imprensa, a Lava Jato e o juiz Sérgio Moro que o condenou a nove anos de prisão por acusações de corrupção. Ao encerrar sua caravana no Rio de Janeiro no fim de semana, o ex-presidente declarou que o Rio "não merece ter governadores que foram eleitos democraticamente pelo povo estejam presos porque roubaram o povo brasileiro, e porque roubaram o dinheiro do povo", em referência a Sérgio Cabral, Antonhy Garotinho e Rosinha Garotinho. "Eu nem sei se isso é verdade, porque não acredito em que tudo o que a imprensa fala". Se você não acredita que Lula falou isso em Nova Iguaçu no fim de semana, veja o vídeo.




Ciro Gomes almoçou no Fiorentina com o dono do restaurante, o mineiro Omar Peres

Postado por Marco Eusébio , 16 Maio 2017 às 09:00 - em: Principal

A propósito, Ciro Gomes, que estará em Campo Grande nesta semana, "procura um João Doria para chamar de seu". É o que diz o blog Radar da Veja, acrescentando que "tudo indica ele já encontrou": O ex-governador do Ceará almoçou na semana passada no restaurante Fiorentina, de Omar Peres, também dono do tradicional Bar Lagoa, no Rio de Janeiro. Além do empresário, Carlos Lupi, presidente do PDT, também esteve presente. No encontro, Gomes ofereceu a Peres a legenda para que ele dispute a eleição para governador do Rio no ano que vem. O aspirante a novo João Doria tem interesse em se candidatar, mas ficou de pensar".




Ciro Gomes almoçou no Fiorentina com o dono do restaurante, o mineiro Omar Peres

Postado por Marco Eusébio , 16 Maio 2017 às 09:00 - em: Principal

"Ciro Gomes procura um João Doria para chamar de seu. E ao que tudo indica ele já encontrou. O ex-governador do Ceará almoçou na semana passada no restaurante Fiorentina, de Omar Peres, também dono do tradicional Bar Lagoa, no Rio de Janeiro. Além do empresário, Carlos Lupi, presidente do PDT, também esteve presente. No encontro, Gomes ofereceu a Peres a legenda para que ele dispute a eleição para governador do Rio no ano que vem. O aspirante a novo João Doria tem interesse em se candidatar, mas ficou de pensar", diz o blog Radar da Veja.