Campo Grande, Segunda-Feira , 26 de Junho - 2017


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br

Posts com a tag: reforma-da-previdencia

Carlos Marun: 'Se for verdade, atrapalha tudo' sobre delação que abalou o Brasil

Postado por Marco Eusébio , 17 Maio 2017 às 22:00 - em: Principal

"Se for verdade, atrapalha tudo", disse o deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) ao jornal O Globo nesta noite em Brasília ao ser questionado sobre a delação do dono da JBS Joesley Batista que teria apresentado gravação em delação à Lava Jato em que Michel Temer dá aval para "comprar o silêncio" de Eduardo Cunha que está preso em Curitiba. Marun, presidente da comissão da reforma da Previdência citado pelo O Globo como "principal aliado de Cunha na Câmara", e outros deputados, estavam reunidos nesta noite no Planalto para tratar da reforma da Previdência com o ministro Antonio Imbassahy e "ficaram na mão, à espera do ministro, que está reunido com o presidente Michel Temer", diz o site do jornal.




Deputada Marinha, de Rondônia, e o marido Valdir Raupp: Temer terá de convencer o casal

Postado por Marco Eusébio , 17 Maio 2017 às 16:30 - em: Principal

Por Gabriel Mascarenhas no blog Radar da Veja:
 
"O Palácio do Planalto dava como favas contadas o apoio da deputada Marinha Raupp à reforma da previdência. Descobriu-se, porém, que a peemedebista tem um problema em casa.
 
O marido dela, senador Valdir Raupp, se encontra numa situação dramática para se reeleger no ano que vem. Uma das estrelas da Lava Jato, ele vê no eventual voto contrário à reforma uma chance de subir nas pesquisas.
 
Marinha tem sido clara com quem tenta persuadi-la. Apesar de ela ser favorável à proposta, é mais fácil uma vaca voar do que não acompanhar o marido. Michel Temer não vai medir esforços para desatar o nó familiar, afinal o voto de Raupp hoje vale dois."



Marun e deputados na hora do lanche durante a sessão da comissão da reforma da Previdência

Postado por Marco Eusébio , 10 Maio 2017 às 13:00 - em: Principal

Para evitar que a fome levasse deputados a se ausentar fazendo demorar ainda mais a tensa sessão que durou quase dez horas concluiu a análise do texto da reforma da Previdência (PEC 287/16) ontem, o presidente da comissão da Câmara, Carlos Marun (PMDB-MS), resolveu ser, sem trocadilhos, previdente: ofereceu lanches aos parlamentares no horário de almoço. Até integrantes da oposição apreciaram o "cheese previdência". Agora, apesar das resistências, Marun aposta na aprovação da reforma ainda neste mês no plenário da Casa, onde a PEC precisa de pelo menos 308 votos (três quintos dos 513 deputados) em dois turnos de votação, para depois seguir à análise do Senado.




Agentes penitenciários bloqueiam um dos acessos da Câmara contra reforma da Previdência

Postado por Marco Eusébio , 09 Maio 2017 às 13:00 - em: Principal

Agentes penitenciarios sitiam agora a Câmara dos Deputados contra reforma da Previdência, revoltados por terem sido excluídos da condição especial para aposentadoria. Todas as entradas estão fechadas, nem  servidores e deputados entram ou saem. A polícia legislativa tenta impedir invasões. O único acesso aberto para os funcionários acabou de ser fechado, a entrada pelo estacionamento do anexo 4. Lá dentro, sem saber da situação até há pouco, acontece a sessão da comissão especial da reforma sob a presidência do deputado Carlos Marun (PMDB-MS). "São uns 500 agentes penitenciarios por aqui. Estão em todas as portas de acesso à Camara. Até a chapelaria, que é um acesso mais restrito dos deputados, foi fechada" acaba de relatar o jornalista Clodoaldo Silva aqui ao Blog. Veja aqui vídeo de parte do bloqueio.
 



Marun usou novo número para informar contatos que seu 'zap' foi clonado

Postado por Marco Eusébio , 06 Maio 2017 às 15:30 - em: Principal

O deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS), que preside a comissão da reforma da Previdência na Câmara, teve o número de seu WhatsApp clonado e o aplicativo foi usado para pedir dinheiro à irmã do deputado, a outros familiares e até a  parlamentares. Marun usou ontem um novo número no aplicativo e enviou a seguinte mensagem ao blogueiro aqui e a outros contatos: "Clonaram meu zap. Ficarei uns dias com este número de zap. O cel continue o mesmo" [sic]. Marun não é o primeiro membro da comissão alvo de hackers. A Folha de S.Paulo diz que, antes dele, os deputados Arthur Maia (PPS-BA), relator da reforma, e Marcos Pestana (PSDB-MG) tiveram o aplicativo hackeado e usado para pedidos de dinheiro.



Comissão especial aprovou em sessão ontem na Câmara a reforma proposta pelo governo Temer

Postado por Marco Eusébio , 04 Maio 2017 às 09:00 - em: Principal


Manifestantes em passeata contra as reformas de Temer hoje no centro de Campo Grande

Postado por Marco Eusébio , 28 Abril 2017 às 15:00 - em: Principal

Pelo menos 60 mil trabalhadores, conforme a organização, e metade disso na estimativa da Polícia Militar, participaram da manifestação da greve geral na região central de Campo Grande nesta sexta-feira convocada pelas centrais sindicais contra as reformas previdenciária, trabalhista e a terceirização. Às 5 da manhã a saída dos ônibus das empresas foi bloqueada com apoio dos funcionários, que também paralisou o comércio e repartições públicas, agências bancárias e correios. Neste início de tarde, acontece debate na Assembleia Legislativa, convocado pelo deputado Amarildo Cruz (PT), sobre as reformas. 
 
Lideranças avaliaram como positivo o movimento e prometem novas ações. "Essa presença maciça neste dia histórico servirá para que as autoridades levem mais a sério o trabalhador brasileiro e respeitem seus anseios e reivindicações. Estamos aqui, firmes, atentos e lembrando aos nossos deputados, senadores, e autoridades do executivo federal, que no ano que vem teremos eleições e iremos, da mesma forma, cobrarmos duro de cada um", declarou Elvio Vargas, líder do comitê estadual contra as reformas que une todas as centrais: CUT, Força Sindical, CTB, CSB, CGTB, NCST, UGT e Conlutas.



Governo precisa de 257 votos agora, mas quer garantir 308 visando a Previdência

Postado por Marco Eusébio , 26 Abril 2017 às 12:45 - em: Principal

Michel Temer exonerou hoje três ministros deputados para que voltem à Câmara e votem a favor da reforma trabalhista e, depois, a da Previdência: Bruno Araújo (Cidades), Mendonça Filho (Educação) e Fernando Bezerra Filho (Minas e Energia). Embora para aprovar a trabalhista só precise da maioria simples de 257 votos, o Planalto quer – e precisa – mostrar força garantindo o voto pelo menos 308 deputados, que equivalem aos três quintos necessários para aprovar uma PEC, como a da reforma da Previdência.



Tereza, líder do PSB que decidiu ficar contra as reformas de Temer

Postado por Marco Eusébio , 25 Abril 2017 às 09:00 - em: Principal

Quinto maior partido da base aliada de Michel Temer, o PSB, em votação de sua executiva nacional na noite anterior, decidiu ficar contra as reformas trabalhista e da Previdência. A reforma trabalhista será votada hoje na comissão especial e amanhã no plenário da Câmara. Liderada por Tereza Cristina (MS), a bancada do PSB na Casa tem 35 deputados. Se deixar a base do governo, esta ficará com 376 parlamentares. Para aprovar as reformas, são necessários 308 votos. Temer tentará impedir a fuga de outras siglas como o PTB e PPS.
 



Michel Temer disse que não há mais espaço para concessões

Postado por Marco Eusébio , 24 Abril 2017 às 10:15 - em: Principal

Diante de pressões para manter benefícios a servidores públicos, Michel Temer convocou líderes da base aliada e ministros ao Palácio do Jaburu neste fim de semana para dar um basta a novas concessões na reforma da Previdência e cobrou empenho máximo para aprovar a proposta sem novos atrasos. "Não há espaço para concessão", disse o líder do governo na Câmara, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB). O ministro Moreira Franco alertou que a reforma é necessária "para evitar que a União se transforme em um Rio de Janeiro".