Campo Grande, Quinta-Feira , 18 de Janeiro - 2018


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br

Posts com a tag: reajuste

Em seis meses a gasolina acumula alta de 28,05% e do diesel 24,36% depois de quase 120 reajustes feitos pela Petrobras

Postado por Marco Eusébio , 10 Janeiro 2018 às 13:45 - em: Principal

Ano novo, velhas notícias. Um dia depois de divulgar corte de 0,2% no preço do diesel e aumento de 0,7% no da gasolina comercializados nas referinarias, válidos a partir de hoje, a Petrobras anunciou nesta quarta-feira aumentos de 1,4% no preço da gasolina e de 1% no do diesel, nas refinarias, válidos a partir de amanhã, diz o jornal Valor. Desde o início da nova política de ajustes adotada em 3 de julho, a estatal do petróleo reajustou os preços quase 120 vezes. Nesses seis meses a gasolina acumula alta de 28,05% e do diesel 24,36%.




Só neste segundo semestre de 2017 preço médio do gás de cozinha teve seis aumentos e uma redução

Postado por Marco Eusébio , 04 Dezembro 2017 às 18:15 - em: Principal

O preço do gás liquefeito de petróleo (GLP) em botijões de até 13 kg sobe mais 8,9% nas refinarias a partir desta terça-feira. A Petrobras alega alta das cotações do produto nos mercados internacionais e diz em nota que os reflexos no preço ao consumidor vão depender de repasses feitos por distribuidoras e revendedores. O aumento não se aplica ao preço do gás para uso industrial e comercial. Desde junho foram seis aumentos e uma redução. O preço médio acumula alta de 17,7% no ano, conforme a Agência Nacional de Petróleo (ANP). Sem contar o reajuste anunciado hoje, o preço médio do botijão ao consumidor saltou de R$ 55,74 em janeiro para R$ 65,64 na semana passada.




Preços do botijão de gás comum em Campo Grande variam de R$ 55 a R$ 72 e devem subir nos próximos dias

Postado por Marco Eusébio , 10 Outubro 2017 às 16:15 - em: Principal

Com mais um reajuste anunciado pela Petrobras, o preço do gás de cozinha sobe 12,9% nas distribuidoras a partir de hoje. Em Campo Grande, os preços do botijão comum, que variam hoje de R$ 55 (Mendes Gás, na Mata do Jacinto) a R$ 72 (Telegás, Centro), conforme levantamento do site Campo Grande News, podem chegar a R$ 81,28 caso alguns revendedores repassem o índice integral ao valor final do gás. No acumulado deste ano, os aumentos já somam 51,5%.




Posto de pedágio da para a concessionária CCR MS Via no município de Jaraguari - na saída de Campo Grande rumo à Cuiabá

Postado por Marco Eusébio , 11 Setembro 2017 às 17:30 - em: Principal

A partir da próxima quinta-feira, quem trafegar pela rodovia BR-163 em Mato Grosso do Sul vai pagar mais caro pelo pedágio cobrado pela concessionária CCR MS Via. O reajuste foi autorizado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) conforme resolução publicada hoje no Diário Oficial da União. No caso de um carro de passeio, o aumento em cada praça de pedágio vai variar de 40 a 50 centavos. Quem passar pelos nove pontos de pedágio que vão de Mundo Mundo, no extremo sul do estado, até Sonora, na divisa com o vizinho Mato Grosso, percorrendo 845 km e paga hoje R$ 55,40 vai passar a pagar R$ 59,20 num reajuste médio de pelo menos 6,85%. (Com G1 MS)




Um dos motivos do reajuste, diz a Petrobras, foi o furacão Harvey na cidade de Houston (EUA), uma das maiores exportadoras

Postado por Marco Eusébio , 06 Setembro 2017 às 09:00 - em: Principal

Passa a valer a partir de hoje reajuste de 12,2% para o gás liquefeito de petróleo (GLP) para uso residencial, o chamado gás de cozinha, vendido em botijões de até 13 quilos. O aumento foi decidido pelo Grupo Executivo de Mercado e Preços (Gemp) da Petrobras e anunciado ontem pela estatal. O Gemp considerou para efeito de ajuste o cenário externo de estoques baixos, além dos reflexos de eventos climáticos, como o furacão Harvey, na maior região exportadora mundial do produto, que é a cidade de Houston, no Texas (EUA), cujos terminais permanecem fora de operação, o que afeta o mercado internacional. Com a menor disponibilidade de gás, os mercados consumidores, inclusive o brasileiro, sofreram aumento de preço.