Campo Grande, Quarta-Feira , 20 de Setembro - 2017


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br

Posts com a tag: pt

Petistas Jaques Wagner (5%) e Fernando Haddad (10,7%) ficam atrás de Ciro Gomes (15,7%) para substituir Lula, diz pesquisa

Postado por Marco Eusébio , 18 Setembro 2017 às 17:00 - em: Principal

O presidenciável Ciro Gomes (PDT) lidera com 15,7% a preferência do eleitor para substituir o ex-presidente Lula nas eleições presidenciais pela esquerda do ano que vem, à frente dos dois prováveis candidatos do PT: o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, que aparece em segundo com 10,7%; e o ex-governador baiano e ex-ministro Jaques Wagner, com 5%. Os números são de levantamento do Instituto Paraná Pesquisas feito por questionário online com 2.210 pessoas de todo o Brasil de terça (12) a quinta-feira (14) da semana passada, divulgada hoje pelo Paulo Henrique Amorim, em seu blog Conversa Afiada.




Deputados Ságuas Moraes (federal) e Valdir Barranco (estadual) que tomaram um susto com pane em avião no Mato Grosso

Postado por Marco Eusébio , 03 Setembro 2017 às 13:30 - em: Principal

Um avião de pequeno porte que levava o deputado federal Ságuas Moraes, de 54 anos, e o deputado estadual Valdir Barranco, de 42, ambos do PT-MT, fez um pouso de emergência na pista de uma fazenda em Juara, no vizinho Mato Grosso, distante 690 km de Cuiabá. Um dos motores da aeronave parou de funcionar e o piloto optou por pousar na propriedade. Ninguém se feriu. Além dos deputados, estavam no aparelho o piloto e três assessores de Barranco. Os parlamentares estavam participando de encontros com prefeitos do interior. "Por Deus, sempre por ele, o piloto é muito bom. Manteve a tranquilidade e voou por mais dez minutos com ela [aeronave] perdendo altitude. Avistou a pista de uma fazenda e nos avisou que teria que fazer um pouso de emergência. Pouso perfeito", disse Ságuas ao G1-MT. Conforme o site, os deputados informaram que a aeronave é contratada pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT).




Fernando Haddad participa à noite do lançamento que contesta condenação de Lula, na sede da Anoreg

Postado por Marco Eusébio , 31 Agosto 2017 às 10:00 - em: Principal

Apontando como o "plano B" do PT para disputar a Presidência da República em 2018 caso Lula não seja candidato, o ex-prefeito de São Paulo e ex-ministro da Educação Fernando Haddad passa o dia hoje em Campo Grande. Neste instante ele recebe o título de "visitante ilustre" da Câmara por indicação do vereador Ayrton de Araújo (PT); às 14h concede entrevista à imprensa no Retirinho (Rua Antônio Maria Coelho); às 15h30 faz palestra sobre "Os Desafios da Educação e da Democracia em Tempos de Crise" no Anfiteatro 2 da UFMS; e à noite participa do lançamento do livro "Comentários a uma Sentença Anunciada", obra com 103 artigos de 122 autores que contesta a condenação de Lula pelo juiz Sergio Moro no processo sobre o tríplex em Guarujá, às 19h30, na sede da Anoreg.




Postado por Marco Eusébio , 23 Agosto 2017 às 10:15 - em: Principal

"O governo do Lula é o governo do povo, para o povo" – afirmou o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) ao tecer uma série de elogios à gestão do petista e atacar o atual governo de seu correligionário Michel Temer durante comício com Lula na cidade alagoana de Penedo, ontem. Veja o vídeo.

 




Conforme operador relatou à PF, grupo identificava Vacarezza pelo codinome V2 e Vander Loubet como V1

Postado por Marco Eusébio , 22 Agosto 2017 às 19:00 - em: Principal

Em depoimento à Polícia Federal na Operação Abate, a 44ª fase da Lava Jato, o operador de propinas Jorge Luz revelou neste mês ter intermediado repasse de R$ 400 mil ao ex-deputado Cândido Vacarezza (ex-PT, hoje filiado ao Avante) que foi líder dos governos Lula e Dilma na Câmara. O grupo contava com o apoio político de dois deputados, Vander Loubet (PT-MS, identificados pelo codinome de V1, e Vacarezza, que seria o V2, conforme apurou a PF. (Com Estadão)




Roberta e os valiosos mimos que ela promete doar a Lula: ela agora promete dobrar o valor para R$ 1 milhão

Postado por Marco Eusébio , 17 Agosto 2017 às 15:00 - em: Principal

Proibida de fazer doar R$ 500 mil a Lula antes de pagar uma dívida de R$ 62 mil reclamada na justiça por uma loja de móveis, conforme decisão do juiz Felipe Albertini Nani Viaro, da 26ª Vara Cível de SP, a socialite Roberta Luchsinger, herdeira de um acionista do banco Credit Suisse, afirmou que vai dobrar sua doação para R$ 1 milhão para ajudar o ex-presidente que teve cerca de dez milhões de reais em planos de previdência privada e contas bancárias bloqueados pelo juiz federal Sérgio Moro. "É proibido doar ao Lula... mais essa agora rsrss... mas vem novidade aí... vou dobrar a doação", escreveu Roberta no Facebook onde tem acusado a Justiça de atuar contra o petista.




No Facebook ontem PT deu as boas vindas aos novos 'companheiros e companheiras' famosos

Postado por Marco Eusébio , 17 Agosto 2017 às 13:00 - em: Principal

Os atores Fábio Assunção, Tássia Camargo, Nando Cunha e a escritora Elika Tamikomoto se filiaram ao PT no Rio de Janeiro. Além de dar as boas vindas aos novos companheiros nas redes sociais, a sigla aproveitou para anunciar que o número de filiados vem crescendo desde que o ex-presidente Lula foi condenado pelo juiz federal Sérgio Moro. 




Marquinhos publicou carta de desfiliação no Facebook; e Kelly com Zeca na campanha: agora ex-petistas

Postado por Marco Eusébio , 14 Agosto 2017 às 19:30 - em: Principal

Dois antigos militantes do PT se desfiliaram do partido hoje em Campo Grande: Kelly Cristina Costa, ex-secretária de Finanças e (agora ex) dirigente nacional do partido; e Marquinhos Nogueira, um dos demitidos do diretório estadual sob a presidência do deputado federal Zeca do PT que entraram na Justiça do Trabalho contra a sigla por não receber direitos trabalhistas. 
 
As desfiliações devem abrir a porta para a saída de outras lideranças e militantes dos movimentos indígena, de mulheres, de combate ao racismo, LGBT e até sindicalistas. "As cartas de desfiliações estão sendo assinadas pelas lideranças e filiados comuns e serão entregues de uma vez só, em um ato coletivo", disse um dos descontes ao Blog.
 
Kelly, que por anos foi assessora de Zeca e atuou na coordenação de sua campanha para deputado federal, e Marquinhos, dizem que continuarão militando na esquerda, mas rejeitam integrar a sigla sob comando do ex-governador. Na carta de desfiliação que publicou no Facebook, Nogueira diz: 
 
"Militando no PT aprendi a lutar contra a opressão e pelas garantias dos direitos dos trabalhadores e trabalhadoras. Por isso, diante do ocorrido em MS e o silêncio dos nobres parlamentares petistas e da direção nacional, não posso mais permanecer filiado neste partido. Sigo firme na militância de esquerda e na luta por nenhum direito a menos".



Trump, por meio da Casa Branca, diz que aceita conversar com Maduro, só se a democracia for restaurada na Venezuela

Postado por Marco Eusébio , 12 Agosto 2017 às 14:00 - em: Principal

Donald Trump declarou que não descarta uma "opção militar" para restaurar a democracia na Venezuela. "A Venezuela não é muito longe, e as pessoas estão sofrendo e morrendo", disse Trump. A declaração é manchete de hoje dos três principais jornais do Brasil. Apoiado pela chamada "esquerda" latino-americana, coisa que inclui no Brasil dirigentes do PT e siglas agregadas como o PCdoB, e o presidente boliviano Evo Morales, o ditador Nícolas Maduro havia dito na quarta-feira que iria pedir um telefonema ou encontro com Trump. Em resposta, a Casa Branca disse na noite anterior que "Trump ficará feliz em conversar com o líder da Venezuela... assim que a democracia seja restaurada no país".




Site DefesaNet diz que discurso de Gleisi, no Foro de São Paulo, teria sido um 'chamado geral' para a militância

Postado por Marco Eusébio , 08 Agosto 2017 às 15:00 - em: Principal

O site Defesa Net, que cobre a área militar, divulgou que serviços de inteligência do Brasil dão conta de que o PT e movimentos sociais como o MST e MTST, estão financiando militantes para ir à Venezuela "apoiar e dar suporte, inclusive no reforço das milícias, ao governo de Maduro contra as manifestações pela deposição do presidente". O site diz ainda que o pronunciamento da presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann, em favor do governo bolivariano na Venezuela e denominando de "golpe da direita reacionária" as manifestações de rua "foi um chamado geral para que a militância seguisse para a Venezuela". Leia aqui no DefesaNet.