Campo Grande, Segunda-Feira , 19 de Fevereiro - 2018


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br

Posts com a tag: presidenciaveis

Bolsonaro, Lula, Alckmin e Marina em fotos usadas pelo Correio Brasilizense no aplicativo que troca de gênero

O jornal Correio Braziliense resolveu neste fim de semana descontrair seu noticiário político aproveitando a onda do aplicativo que mostra como a pessoa seria se fosse do gênero oposto, que faz sucesso nas redes sociais, para mostrar como ficariam fotos dos presidenciáveis modificadas pelo app. Veja acima as fotos do "antes e depois" de Bolsonaro, Lula, Alckmin e Marina Silva e aqui no site do jornal a galeria que inclui Henrique Meirelles, Rodrigo Maia e Manuela D'Ávila.




Postado por Marco Eusébio , 09 Novembro 2017 às 10:00 - em: Principal

Na Enquete do Blog que perguntava em qual dos nomes citados hoje o leitor votaria para presidente do Brasil, deu Bolsonaro e Lula num virtual segundo turno. Dos outros, o melhor votado foi Luciano Huck. Veja o resultado:
 
1º Jair Bolsonaro 148 (25.92%) votos 
 
2º Lula 115 (20.14%) 
 
3º Rezo para aparecer outro(a) 69 (12.08%) 
 
4º Luciano Huck 59 (10.33%) 
 
5º Ciro Gomes 54 (9.46%) 
 
6º João Doria 50 (8.76%) 
 
7º Álvaro Dias 35 (6.13%) 
 
8º Geraldo Alckmin 15 (2.63%) 
 
9º Marina Silva 13 (2.28%) 
 
Estou indeciso(a) 13 (2.28%) 
 
Total de votos: 571



Quem não está envolvido é ou foi aliado

Postado por Marco Eusébio , 18 Abril 2017 às 16:45 - em: Principal

Do blog do Lauro Jardim em O Globo:
 
"Pelo andar da carruagem, nenhum candidato terá muita liberdade para falar contra a corrupção em 2018. Ou porque o próprio candidato estará preso nas teias da Lava-Jato ou porque esteve, faz bem pouco tempo, aliado a um investigado.
 
No primeiro caso, certamente estarão Lula, Michel Temer, Aécio Neves, José Serra, Geraldo Alckmin.
 
No segundo caso, dos aliados de encrencados, podem estar o tucano João Doria, Marina Silva (vice de Eduardo Campos em 2014), Jair Bolsonaro (do mesmo PSC do Pastor Everaldo) e Ronaldo Caiado (do mesmo DEM com um punhado de investigados)."