Campo Grande, Segunda-Feira , 20 de Novembro - 2017


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br

Posts com a tag: pre-candidato

Dagoberto Nogueira, presidente estadual do PDT, e Odilon de Oliveira, em discursos na convenção do partido

Postado por Marco Eusébio , 11 Novembro 2017 às 14:00 - em: Principal

"Aceito, sim, o desafio de de ser candidato a governador de Mato Grosso do Sul" declarou o juiz federal aposentado Odilon de Oliveira, ao confirmar sua pré-candidatura à sucessão do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) neste sábado, na convenção do PDT realizada no Ondara Palace, em Campo Grande. No evento que reuniu lideranças nacionais e estaduais do PDT, como o pré-candidato à Presidência, Ciro Gomes, e o presidente nacional da sigla, Carlos Lupi, Odilon iniciou seu discurso agradecendo a presença de lideranças convidadas como o prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), seu irmão ex-prefeito Nelsinho Trad (PTB) e o primo deles, o deputado federal Mandetta (DEM). Também presentes, a prefeita de Dourados, Délia Razuk (PR), o prefeito de Coxim, Aluizio São José, e o médico Ricardo Ayache, ambos do PSB.

Odilon discorreu sobre sua longa carreira na magistratura, falou das ameaças de morte que recebeu pelo combate ao crime organizado, e disse que, além disso, apresenta o "currículo da honestidade, da lisura e da transparência". Sobre quem questiona o fato de ele "não ter experiência para governar", lembrou que " juiz não sai juiz do ventre da mãe" e disse ter "maturidade para exercer qualquer cargo da República". Frisando só não ter "experiência para roubar", disse que aceita o desafio de "iniciar um pacto com o povo" e "uma forma de estabelecer com Deus uma aliança para conduzir o destino desse povo". Veja abaixo o vídeo com a integra do discurso.




No lançamento do Podemos (ex-PTN) em Brasília, Álvaro Dias foi anunciado para a Presidência da República

Postado por Marco Eusébio , 01 Julho 2017 às 16:45 - em: Principal

O PTN mudou de nome e apresentou hoje em Brasília o Podemos, sua nova legenda. No ato, foi lançada a pré-candidatura de Álvaro Dias à Presidência da República em 2018. Anunciado como candidato "sensato" para unir o País, o senador paranaense, ex-tucano que trocou o PV pelo novo partido, afirmou: "Vamos arrancar o Brasil das mãos sujas de corrupção dos que nos assaltaram nos últimos anos". "Sem reformas e sem mudanças mergulharemos nas águas sujas do fracasso", emendou. Apesar de inspirado na sigla homônima da Espanha, que é de esquerda, o Podemos brasileiro é lançado como um partido de centro e, além de uma bancada de 14 deputados federais, nasce com dois senadores: além de Álvaro Dias, Romário (RJ) trocou o PSB pela nova sigla, e é cotado a disputar o governo do Rio de Janeiro no ano que vem.