Campo Grande, Sexta-Feira , 20 de Outubro - 2017


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br

Posts com a tag: policia-civil

Fabrício acusa Garcia de ameaça, mas prefeito disse que só foi conversar. Postagens nas redes sociais são motivo da discórdia

Postado por Marco Eusébio , 18 Setembro 2017 às 13:00 - em: Principal

Na pequena cidade de Aral Moreira (MS), o advogado e ex-secretário de Fazenda e Administração da Prefeitura, Fabrício Franco Marques, de 36 anos, denunciou hoje o prefeito Alexandrino Garcia, de 41, na delegacia local da Polícia Civil por suposta ameaça de morte. Conforme o boletim de ocorrência, o prefeito foi à sua sala no Centro de Referencia Especializado de Assistência Social (Creas) de manhã e afirmou: "Quero conversar de homem para homem com você porque as coisas não são assim, você é um vagabundo, não presta".
 
Fabríio diz que recebeu um tapa no rosto e reagiu empurrando o prefeito, que então teria colocado a mão na cintura sinalizando que teria uma arma sob a camisa. Fabrício ter perguntado a Garcia se aquilo seria uma ameaça, e que o prefeito respondeu: "Eu não ameaço, eu faço". 
 
Consultado sobre o motivo da suposta ameaça, Fabrício respondeu ao Blog: "Eu acredito que foi por ter sido contra o atual prefeito na campanha e, talvez, por eu ter postado no Face uma foto com o ex-prefeito. ficamos com medo por ele responder a outros crimes, mas espero que fique por aí". 
 
Também consultado, o prefeito Alexandrino Garcia, por sua vez. "Apenas fui conversar com ele, porque esse cidadão, por divergências políticas, passa a vida me insultando nas suas redes sociais, coisa que jamais fiz na minha vida em referencia a ele. Mas, de maneira nenhuma foi ameaça. Na verdade querendo se fazer de vítima como sempre. É o que sabe fazer".



Celas superlotadas na Delegacia de Polícia de Água Clara, uma das que servem de extensão de presídios em MS

Postado por Marco Eusébio , 23 Agosto 2017 às 11:30 - em: Principal

O presidente do Sindicato dos Policiais Civis de Mato Grosso do Sul (Sinpol-MS), Giancarlo Miranda, protocolou denúncia na Organização das Nações Unidas (ONU) sobre a precariedade das delegacias do estado quando aos direitos humanos dos profissionais e dos presos e entregou cópia do documentário "A Realidade da Polícia Civil em Mato Grosso do Sul" que retrata as 33 unidades em pior situação (saiba mais aqui). Além de péssimas instalações, o sindicato lamenta o grave problema de superlotação das celas que estão servindo de extensões dos presídios, também superlotados, para onde deveriam ir aos presos já que a delegacia é destinada ao atendimento do cidadão.




Celas superlotadas em delegacias transformadas em cadeia são um dos problemas mostrados em vídeo do Sinpol-MS

Postado por Marco Eusébio , 11 Agosto 2017 às 17:30 - em: Principal

Celas superlotadas em delegacias transformadas em cadeias, estrutura precária, falta de efetivo e policiais sobrecarregados é o que vai mostrar o documentário "A Realidade da Polícia Civil em Mato Grosso do Sul" a ser lançado pelo Sindicato dos Policiais Civis do estado na próxima sexta-feira, às 14h30, em sua sede em Campo Grande. "Durante sete meses percorremos as 126 delegacias do estado catalogando suas mazelas. Neste vídeo mostraremos as 30 unidades em piores situações", diz o presidente do Sinpol-MS, Giancarlo Miranda. Depois da exibição, haverá debate sobre tema e o vídeo será postado nas redes sociais. Veja o teaser.