Campo Grande, Domingo , 18 de Fevereiro - 2018


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br

Posts com a tag: pcdob

Cartaz anuncia criação de comitê em MS para 'defesa do direito de Lula ser candidato' em 2018

Postado por Marco Eusébio , 11 Janeiro 2018 às 16:30 - em: Principal

Um "Comite Estadual em Defesa da Democracia e do Direito do Lula ser candidato" será lançado no próximo sábado, dia 13, em Campo Grande, por lideranças do PT, PCdoB, MST, CUT, Adufms da Frente Brasil Popular MS. A secretária de Formação Política do PT-MS, Maria Rosana Gama, informa que o ato será a partir das 9h na sede da CUT (Travessa Edgar Gomes, nº 49, próxima à Feira Central). O evento acontece duas semanas antes de o TRF4 julgar recurso de Lula, condenado pelo juiz Sérgio Moro no caso do triplex. Se condenado em segunda instância, o petista poderá ter a candidatura à Presidência barrada pela Lei da Ficha Limpa.




Em nota do PCdoB, Mario Fonseca rechaça 'posição isolada de filiado', e diz que 'defender Lula e defender a democracia'

Postado por Marco Eusébio , 05 Janeiro 2018 às 11:30 - em: Principal

Com a repercussão do áudio do comunista de Campo Grande convocando "luta armada" e propondo "estourar a cabeça de coxinha, de juiz, mandar esses golpistas para o inferno" caso o TRF4 confirme a condenação de Lula no caso triplex neste mês, aqui divulgado ontem, o Partido Comunista do Brasil de Mato Grosso do Sul (PCdoB-MS) divulgou hoje nota pública em que rechaça "a defesa do uso da violência" contra membros do Judiciário "feita por seu filiado Urias Fonseca Rocha, gravada e divulgada em áudio que teve grande repercussão nas redes sociais em todo o Brasil". "Trata-se de uma opinião isolada do referido filiado que em nada representa a posição dos comunistas", diz a nota assinada pelo presidente da sigla, Mario Fonseca.

No comunicado, o partido repudia "tentativas capciosas de vincular a fala solitária de um filiado, da qual discordamos totalmente, ao conjunto do PCdoB", e reafirma que no dia 24 "militantes do PCdoB de todo o país estarão na frente do Tribunal" em Porto Alegre "junto com outros milhares de manifestantes protestando pacificamente contra um julgamento de exceção politicamente enviesado" que visaria "tirar Lula da disputa presidencial". A nota conclui dizendo que "Defender os direitos de Lula é defender a democracia". Clique abaixo e leia a íntegra postada pelo PCdoB-MS no Facebook.




Militante do PCdoB, Urias disse em entrevista a jornal que não é a favor de 'luta armada' e que virou alvo de ameças

Postado por Marco Eusébio , 04 Janeiro 2018 às 13:15 - em: Principal

Um áudio divulgado em grupo de WhatsApp em que um filiado do PCdoB de Campo Grande convoca militantes à "guerra armada" caso o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) confirme a condenação de Lula no caso triplex, gravado no fim do ano que se findou, se espalhou país afora pelo aplicativo de mendagens. Agora, o autor diz ser alvo de ameaças. 0 assunto é tema da manchete de capa de hoje do jornal O Estado MS.

"Nós estamos em guerra, estamos em combate. Nós temos que ir a Porto Alegre, cercar o TRF4, se precisar derrubar o prédio tem que derrubar, se precisa lutar tem que lutar, se precisar pegar cada um daqueles juiz (sic) depois da condenação, tem que pegar", diz, no áudio, o corretor de imóveis Urias Rocha. "Se o Lula for condenado temos que lutar até as últimas consequências, ir pra rua, ir pro pau. Talvez quem sabe até guerrilha, e começar a estourar a cabeça de coxinha, de juiz, mandar esses golpistas para o inferno (...)", acrescenta, em outro trecho.

Ao jornal, Urias disse que suas declarações foram "para um público fechado", afirmou que não é "a favor de luta armada", avaliou que foi mal interpretado e revelou que está recebendo ameaças. "Por todo o Brasil essa declaração minha foi veiculada. Atualmente a Abin também está na minha cola", afirmou o corretor.

O presidente estadual do PCdoB, Mário Fonseca, disse ao jornal e reforçou hoje aqui ao Blog que as declarações do filiado tratam-se de posição "isolada" e não refletem o posicionamento do partido. "Muito pelo contrário, nos somos pelo aprofundamento da via democrática", disse. "Não concordamos com ações isoladas de violência, com incitação, não é a posição do PCdoB", ressaltou Mário Fonseca.

Ouça o
aqui o áudio divulgado pelo O Estado MS.




Ex-ministro Gilberto Carvalho durante discurso hoje na Plenária da Frente Brasil Popular em MS

Postado por Marco Eusébio , 02 Dezembro 2017 às 12:15 - em: Principal

"O Lula vai ser candidato, a Manuela (PCdoB) vai ser candidata, o Ciro (PDT) vai ser candidato, nós vamos dialogar e nada vai nos separar" - afirmou em Campo Grande neste sábado o ex-ministro petista Gilberto Carvalho, que foi assessor e conselheiro do presidente Lula em seus dois governos e chefiou a secretaria-Geral da Presidência da República no governo Dilma Rousseff. A declaração foi feita em discurso na sede da Fetems, onde Carvalho participa na Plenária Estadual de Frente Brasil Popular em Mato Grosso do Sul.




Lula em discurso hoje no lançamento da pré-candidatura de Manuela D'Ávila à Presidência pelo PCdoB

Postado por Marco Eusébio , 19 Novembro 2017 às 18:00 - em: Principal

Lula afirmou neste domingo que a esquerda no país está "fragilizada" e que um de seus principais opositores, o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ), tem o "direito de ser candidato". "O Brasil tem que colher aquilo que planta", declarou o ex-presidente em discurso hoje no congresso do PCdoB que lançou a deputada Manuela D'Ávila candidata ao Planalto.
 
"Eu não sou de extrema esquerda e muito menos o Bolsonaro é de extrema direita. O Bolsonaro é mais do que isso e quem convive com ele sabe o que ele é. Não vou dizer porque acho que ele tem o direito de ser candidato, de convencer as pessoas, e o Brasil tem que colher aquilo que planta", disse Lula.
 
É a primeira vez desde a volta das eleições presidenciais que o PCdoB deixa de apoiar o PT para lançar candidatura própria. No discurso, Lula disse que é "o único ser humano" que não pode desencorajar alguém que quer ser candidato à Presidência. 
 
"É um direito legítimo. Se não fosse a minha teimosia e a do PT, eu não teria chegado nunca à Presidência. Mesmo que não ganhe, se fizer uma campanha ideologicamente organizada, com a militância na rua, vale a pena", afirmou. (Com informações da FolhaOnline)
 
Veja a íntegra do discurso de Lula em vídeo do PCdoB.




Agamenon diz não ver problema em o PDT sair na frente com Odilon e pedirá a Zeca para conversar com as outras siglas

Postado por Marco Eusébio , 07 Novembro 2017 às 12:15 - em: Principal

O PT quer se unir ao PDT, PCdoB, PSB e PV em uma já chamada "Frente Democrática e Popular-MS" para as eleições de 2018 em Mato Grosso do Sul. O assunto será o principal tema em debate em reunião hoje, a partir das 19h, na sede do partido em Campo Grande. Agamenon do Prado, presidente municipal do PT, diz não ver problema em o PDT sair na frente e ter programado para o próximo sábado o anúncio do juiz aposentado Odilon de Oliveira como pré-candidato ao governo. Para o petista, a frente de esquerda poderá apresentar até maio um programa de governo e um candidato(a) para encabeçar esse projeto. Agamenon diz que vai pedir ao deputado federal Zeca, presidente estadual do PT, que inicie entendimentos com dirigentes do PDT, PCdoB, PSB e PV neste sentido.



Manuela D'Ávila é a primeira candidata ao Planalto do PCdoB, que desde a volta das eleições apoiava o PT

Postado por Marco Eusébio , 06 Novembro 2017 às 13:00 - em: Principal

O PCdoB lançou a deputada estadual gaúcha Manuela D'Ávila como pré-candidata à Presidência da República em 2018. Em nota divulgada neste domingo, a sigla diz que o objetivo é a "retomada do crescimento; defesa e ampliação dos direitos do povo e reforma do Estado".  É a primeira vez que os comunistas lançam candidatura própria ao Planalto desde a volta das eleições presidenciais em 1989. Nesse período, o PCdoB sempre apoiou candidatos do PT.




Advogado Mário Fonseca (ao centro da mesa) foi reeleito para mais dois anos como presidente do PCdoB em MS

Postado por Marco Eusébio , 23 Outubro 2017 às 12:00 - em: Principal

Em conferência neste fim de semana em Campo Grande, 40 delegados regionais do PCdoB de todo o estado reelegeram o advogado Mário Fonseca para mais dois anos como presidente da sigla em Mato Grosso do Sul. Sobre as eleições de 2018, foi delegada à diretoria atuar na construção de uma frente ampla de oposição ao governo Reinaldo Azambuja, com outros partidos. Será avaliada a possibilidade de lançar candidatura própria comunista. "Mas ainda não se fala em nomes", disse Fonseca ao Blog.




A gaúcha Manuela D'Ávila é cotada pelos por seus camaradas comunistas para disputar a sucessão de Temer em 2018

Postado por Marco Eusébio , 22 Setembro 2017 às 14:45 - em: Principal

"O eventual impedimento de Lula gerou pânico nos partidos de esquerda. Sem confiança nos planos B e C do PT (Haddad e Wagner), o PCdoB pode se arriscar com uma candidata própria — a da ex-deputada Manuela D'Ávila", diz o Lauro Jardim em blog no O Globo.




Trump, por meio da Casa Branca, diz que aceita conversar com Maduro, só se a democracia for restaurada na Venezuela

Postado por Marco Eusébio , 12 Agosto 2017 às 14:00 - em: Principal

Donald Trump declarou que não descarta uma "opção militar" para restaurar a democracia na Venezuela. "A Venezuela não é muito longe, e as pessoas estão sofrendo e morrendo", disse Trump. A declaração é manchete de hoje dos três principais jornais do Brasil. Apoiado pela chamada "esquerda" latino-americana, coisa que inclui no Brasil dirigentes do PT e siglas agregadas como o PCdoB, e o presidente boliviano Evo Morales, o ditador Nícolas Maduro havia dito na quarta-feira que iria pedir um telefonema ou encontro com Trump. Em resposta, a Casa Branca disse na noite anterior que "Trump ficará feliz em conversar com o líder da Venezuela... assim que a democracia seja restaurada no país".