Campo Grande, Domingo , 21 de Janeiro - 2018


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br

Posts com a tag: partidos-politicos

PP já abandonou a antiga logomarca e agora está usando a do Progressistas com o slogan 'oportunidades para todos'

Postado por Marco Eusébio , 21 Dezembro 2017 às 13:00 - em: Principal

Diante do desgaste ampliado nos últimos anos pela repercussão das operações da Lava Jato, a onda dos partidos "sem partido" no nome continua. O Partido Progressista (PP) agora é chamado apenas de Progressistas e não tem mais sigla. Segue a tendência já adotada pelo Podemos (ex-PTN), Democratas (ex-DEM), Avante (ex-PTdoB), Democracia Cristã (ex-PSDC), Patriota (ex-PEN), Livres (ex-PSL) e mais recentemente o PMDB que voltou a ser só MDB. Novos partidos já foram criados sem o P como o Solidariedade (2013), Rede Sustentabilidade (2015) e o Novo (2015). Embora tenha virado "moda" na política brasileira, a ideia é "importada" seguindo exemplo de organizações partidárias como En Marche!, na França, e Podemos, na Espanha, que se livraram da palavra "partido" com o desgaste da classe política tradicional.




Fundo aprovado pelo Congresso vai beneficiar, inclusive, partidos que tiveram contas reprovadas pela Justiça Eleitoral

Postado por Marco Eusébio , 17 Outubro 2017 às 11:00 - em: Principal

Do site O Antagonista: "Nove partidos, grandes e pequenos, tiveram suas contas reprovadas pela Justiça Eleitoral nos balancetes julgados neste ano, mas referentes a 2011, segundo O Globo. PT e PSDB encabeçam a fila, seguidos por PR, PPS, PCB, PCO, PRTB, PSL e PTN.' As irregularidades 'vão desde questões formais, como a apresentação de notas fiscais incompletas, a suspeitas de desvios. Alguns casos envolvem uso de verba do fundo partidário — portanto, dinheiro público —, para o pagamento de empresas de dirigentes das siglas por supostos serviços prestados ao partido, compra de vinhos e até reforma em residência de presidente de legenda'. Mesmo assim, esses partidos receberão sua parcela do fundão eleitoral estimado em R$ 1,7 bilhão para as campanhas de 2018."