Campo Grande, Terça-Feira , 23 de Janeiro - 2018


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br

Posts com a tag: o-globo

Luciano Huck deve começar a semana anunciando que não será candidato em 2018, diz O Globo

Postado por Marco Eusébio , 26 Novembro 2017 às 12:45 - em: Principal

Luciano Huck não será candidato e deve anunciar nesta segunda-feira em São Paulo que está fora da disputa da Presidência da República em 2018, embora continuará participando do Agora! e do Renova BR, dois movimentos suprapartidários nos quais se engajou nos últimos meses, diz Lauro Jardim em blog no O Globo.
 
"Huck, que não se filiará a partido algum, tomou a decisão na quinta-feira, justamente o dia em que 'O Estado de S. Paulo' publicou em sua manchete uma pesquisa mostrando que a aprovação do apresentador crescera nos dois últimos meses. É um caso atípico na política: alguém que desiste de ser candidato depois de uma notícia positiva", afirma Jardim.
 
"Huck sabe que sua vida seria devassada", diz o blog O Antagonista, ao repercutir a notícia.



Anúncio da posse de Marun no Twitter oficial do Planalto teria irritado tucanos levando Temer a adiar saída de Imbassahy

Postado por Marco Eusébio , 24 Novembro 2017 às 17:00 - em: Principal


Áudio sobre suposto pacto da TV Globo para atacar Temer e beneficiar Lula é falso, diz Lauro Jardim

Postado por Marco Eusébio , 18 Agosto 2017 às 13:30 - em: Principal

O áudio que começou a circular nos últimos dias no WhatsApp e rolou em grupos do aplicativo em Campo Grande em que um suposto profissional do jornalismo da Globo, que não se identifica, afirma que a emissora passaria a atacar Michel Temer, a Lava Jato e a defender Lula, com quem teria feito um acordo, "é falso", diz o jornalista Lauro Jardim em blog no O Globo.
 
"O áudio é uma fraude grosseira, mas viralizou. Numa outra versão, o áudio é antecedido por um texto que diz que o dono da voz é Luiz Nascimento, diretor do Fantástico, que teria pedido demissão na sexta-feira, o que é falso também", afirma Jardim.
 
A Globo foi procurada e, conforme o jornalista, "diz que máquinas de propaganda se utilizam cada vez mais de fake news com propósitos escusos. Mas que pesquisas mostram que a emissora tem uma vantagem: como é líder absoluta, e todos veem seus noticiários, o público não acredita nos boatos, porque eles não são compatíveis com o que vai ao ar de fato."



O Globo frisa: Temer isolado

Postado por Marco Eusébio , 25 Maio 2017 às 09:00 - em: Principal

Se havia alguma dúvida, as manchetes abaixo deixam claro. Praticamente todos os jornais das várias regiões brasileiras destacam o vandalismo que marcou os protestos de ontem em Brasília e a decisão de Michel Temer de convocar as Forças Armadas. Só o O Globo fez questão de frisar no título que o presidente está isolado.




Colunista da Veja defende anulação da delação e Globo desqualifica perícia divulgada pela Folha

Postado por Marco Eusébio , 22 Maio 2017 às 14:30 - em: Principal

Além de abalar o Planalto, a gravação de Joesley Batista em conversa com Michel Temer gerou uma batalha midiática. A Globo, que acendeu o estopim da delação e pediu a renúncia de Temer em editorial, desqualificou no Fantástico a defesa feita por Temer em pronunciamento no sábado baseada em perícia contratada pela Folha de S.Paulo que apontou edições no áudio. No contra-ataque, a Globo torpedeou o perito contratado pela Folha classificando o trabalho de Ricardo Caires dos Santos como amador e chegou a dizer que ele não domina nem a língua portuguesa. Na Veja, o colunista Reinaldo Azevejo ataca em artigos a "gravação clandestina" e defende a extinção do inquérito contra Temer. De quebra, disparando pela esquerda, a revista CartaCapital defende a saída de Temer e eleições diretas já, como quer o PT para tentar voltar a eleger Lula, que, a propósito, também é alvo das denúncias.




Postado por Marco Eusébio , 22 Maio 2017 às 13:45 - em: Principal

A entrevista de Michel Temer divulgada hoje pela Folha de S.Paulo serviu de munição para mais um disparo do jornal O Globo contra o presidente esquentando a polêmica na mídia. Questionado sobre o motivo para receber Joesley Batista, da JBS, fora da agenda oficial, Temer respondeu à Folha que o empresário tentou muitas vezes falar com ele: "achei que fosse por questão da [Operação] Carne Fraca", em alusão à ação da PF sobre o esquema de corrupção envolvendo frigoríficos e funcionários do Ministério da Agricultura. O site do O Globo rebateu lembrando que a Operação Carne Fraca só foi deflagrada dez dias após o encontro de Temer e Joesley ocorrido às 22h40 (DF) do dia 7 de março. Ficou no ar a dúvida se o presidente sabia das investigações 10 dias antes e teria tratado do assunto com um dos alvos. Questionada, a assessoria de disse ao O Globo que ele se enganou na resposta à Folha.




O Globo destaca: Carne Fraca só aconteceu 10 dias depois; assessoria diz que Temer se enganou

Postado por Marco Eusébio , 22 Maio 2017 às 13:45 - em: Principal

A entrevista de Michel Temer divulgada hoje pela Folha de S.Paulo serviu de munição para mais um disparo do jornal O Globo contra o presidente esquentando a polêmica na mídia. Questionado sobre o motivo para receber Joesley Batista, da JBS, fora da agenda oficial, Temer respondeu à Folha que o empresário tentou muitas vezes falar com ele: "achei que fosse por questão da [Operação] Carne Fraca", em alusão à ação da PF sobre o esquema de corrupção envolvendo frigoríficos e funcionários do Ministério da Agricultura. O site do O Globo rebateu lembrando que a Operação Carne Fraca só foi deflagrada dez dias após o encontro de Temer e Joesley ocorrido às 22h40 (DF) do dia 7 de março. Ficou no ar a dúvida se o presidente sabia das investigações 10 dias antes e teria tratado do assunto com um dos alvos. Questionada, a assessoria de disse ao O Globo que ele se enganou na resposta à Folha.




'Ao abrir as portas para Joesley, Temer abriu as portas para sua derrocada' diz, em editorial, O Globo

Postado por Marco Eusébio , 20 Maio 2017 às 11:00 - em: Principal

Em editorial, o jornal O Globo deste sábado afirma: 
 
"Este jornal apoiou o projeto reformista do presidente Michel Temer. As reformas são essenciais para a estabilidade política, para a paz social e para o normal funcionamento das instituições. 
 
Mas a crença nesse projeto não pode levar ao autoengano, a negar a verdade. Não pode levar ao desrespeito a princípios morais e éticos. Ao abrir as portas de sua casa ao empresário Joesley Batista, o presidente Michel Temer abriu também as portas para a sua derrocada. 
 
Nenhum cidadão cônscio das obrigações da cidadania pode deixar de reconhecer que o presidente perdeu as condições morais, éticas, políticas e administrativas para continuar governando o Brasil. 
 
Fingir que o escândalo não passa de inocente conversa entre amigos não é uma opção. Além de contribuir para a perpetuação dessas práticas, não apressará as reformas de que o Brasil necessita. Será, isso sim, a razão para que elas sejam mais uma vez postergadas."