Campo Grande, Segunda-Feira , 26 de Junho - 2017


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br

Posts com a tag: joesley-batista

Joesley Batista, de boné, ao deixar a sede da Superintendência da Polícia Federal em Brasília

Postado por Marco Eusébio , 22 Junho 2017 às 09:00 - em: Principal

Dois policiais civis de São Paulo tiveram que dar explicações à Polícia Federal sobre o trabalho clandestino de segurança prestado a Joesley Batista. Os dois ficaram por mais de oito horas na Superintendência da PF, em Brasília, ontem, enquanto o empresário prestava depoimento em operações que apuram casos de fraudes e de corrupção. A lei proíbe que policiais façam esse tipo de serviço, mesmo em dias de folga. (Com Correio Braziliense) 



Cunha e a carta escrita à mão desmentindo declarações de Joesley sobre sua relação com Lula

Postado por Marco Eusébio , 20 Junho 2017 às 10:15 - em: Principal

Eduardo Cunha diz que Joesley Batista, da JBS, mentiu sobre sua relação com Lula em entrevista à revista Época e prometeu pedir ao Supremo a anulação da delação do dono da JBS.  Em carta escrita à mão, no presídio em Curitiba, o ex-presidente da Câmara afirma:
 
"Ele [Joesley] fala que só encontrou o ex-presidente Lula por duas vezes, em 2006 e 2013. Mentira! Ele apenas se esqueceu que promoveu um encontro que durou horas, no dia 26 de março de 2016, Sábado de Aleluia, na sua residência [...] entre eu, ele e Lula, a pedido de Lula, a fim de discutir o processo de impeachment, ocorrido em 17 de abril, onde pude constatar a relação entre eles e os constantes encontros que eles mantinham". 
 
Na carta, o ex-deputado diz que o encontro de Joesley, Lula e ele pode ser comprovado pelos seguranças que o acompanharam e classifica o empresário da JBS como "perigoso marginal" que mente "para obter benefícios para os seus crimes".
 
Cunha também diz estranhar que Joesley ataca o governo Temer, sendo o maior beneficiário das medidas do atual governo:
 
"É estranho que mesmo atacando o governo, ele seja o maior beneficiário de medidas do governo, tais como a MP 783 do Refis, onde ele, como o maior devedor da Previdência no país, vai poder pagar os bilhões que deve em 15 anos, com descontos e ainda usando créditos podres e duvidosos, inclusive de terceiros", exemplificou.



Cláudia Gaigher fala sobre 'nascedouro' da propina da JBS para o Fantástico que também divulga a guerra do tráfico

Postado por Marco Eusébio , 18 Junho 2017 às 12:45 - em: Principal

Mato Grosso do Sul volta a ser notícia no Fantástico neste domingo. Em dose dupla, conforme chamada da TV Globo: uma matéria da repórter Cláudia Gaigher sobre a declaração de Joesley Batista à revista Época de que o esquema de pagamento de propina pela JBS "nasceu" no estado, conforme foi aqui divulgado ontem; e outra sobre a guerra do tráfico nas fronteiras com Paraguai e Bolívia.




Carlos Marun defende Temer e chama Joesley de

Postado por Marco Eusébio , 17 Junho 2017 às 16:00 - em: Principal

Em defesa de Michel Temer, o deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) divulgou nota na tarde deste sábado em que ataca Joesley Batista e desqualifica as declarações do empresário à revista Época, chamando o presidente de chefe da "maior organização criminosa do Brasil". Na nota, Marun chama Joesley de "super delinquente", "cachorro", "meliante" e "chefe de quadrilha"
 
Leia a íntegra:
 
"Em relação a entrevista do super delinquente Joesley Batista, faço as seguintes considerações:
 
1 - Trata-se de um desfile de acusações genéricas, sem que em nenhum momento tenha sido colocado sequer um único ato ilegal que o Pres Temer tenha praticado em benefìcio do grupo econômico que hoje sabemos tratar-se de uma organização criminosa;
 
2 - Não é demais lembrar que este cachorro (forma como os delatores colaboradores eram conhecidos durante a ditadura) esteve por mais de 40 minutos gravando o presidente e nada conseguiu tirar dele de realmente criminoso ou comprometedor;
 
3 - Cumpre destacar que o criminoso não se refere a Lula, Dilma e ao PT, em cujos governos seu patrimônio teve um absurdo crescimento, e nem ao fato de ter sido antecipadamente avisado da eclosão do escândalo, o que lhe permitiu operar na véspera no câmbio e na bolsa, garantindo o ganho de mais alguns bilhões;
 
4- É óbvio que orientado por sua defesa o meliante tenta proteger seu escandaloso e benevolente acordo de delação, que está sendo contestado na justiça já que a lei veda o perdão judicial a chefes de quadrilha delatores. 
 
Em resumo, trata-se de mais um capítulo desta novela em que se constitui a Conspiração Asquerosa que tenta acabar com as Reformas, depor o Pres Temer e garantir exílio dourado para Joesley e para os outros delinquentes que o cercam.
 
CARLOS MARUN
DEP. FEDERAL"



Na entrevista publicada na nova edição da Época, Joesley diz que pagamento de propina começou em MS

Postado por Marco Eusébio , 17 Junho 2017 às 14:15 - em: Principal

Na entrevista à revista Época em que acusa Michel Temer de chefiar a maior "organização criminosa do Brasil", o empresário Joesley Batista, dono da JBS, diz que o grupo inaugurou esse sistema de pagar propina em Mato Grosso do Sul. "A primeira vez que fui abordado com essa forma de operar foi em Mato Grosso do Sul, no governo Zeca do PT. Vi uma estrutura organizada no andar de cima, com o governador. As coisas no estado só funcionariam dentro da normalidade se estivéssemos alinhados com ele. Esse esquema perdurou até hoje. Foi do PT ao PMDB e, agora, está no PSDB. Tudo com o mesmo modelo, o mesmo modus operandi. Mudam os nomes, mas o sistema permanece igual".




Chamado de chefe da maior 'organização criminosa do Brasil', Temer promete processar Joesley Batista

Postado por Marco Eusébio , 17 Junho 2017 às 13:30 - em: Principal

Em nota divulgada na tarde deste sábado, a Secretaria de Comunicação da Presidência da República diz que Michel Temer vai acionar a Justiça na segunda-feira contra Joesley Batista, a quem chama de "badido notório". A nota rebate entrevista do empresário à revista Época, da Globo, em que Joesley acusa o presidente de chefiar "a maior e mais perigosa organização criminosa do Brasil" e diz que ele não tinha "cerimônia" em pedir dinheiro para o PMDB. Na nota, o Planalto acusa Joesley de "desfiar mentiras" e critica o acordo de delação premiada que concede perdão judicial a Joesley nas ações em andamento na Lava Jato e o livra de ser denunciado como réu em novas ações. Conforme a nota, os crimes admitidos pelo empresário "somariam mais de 2000 mil anos de detenção". (Com G1)




Joesley Batista reafirmou as acusações feitas contra Michel Temer em novo depoimento à Polícia Federal

Postado por Marco Eusébio , 17 Junho 2017 às 11:00 - em: Principal

Joesley Batista reafirmou em novo depoimento à Polícia Feeral as declarações feitas em delação premiada contra Michel Temer e disse à revista Época que o atual presidente comanda a e organização criminosa. "O Temer é o chefe da Orcrim (organização criminosa) da Câmara", disse. O empresário também citou o ex-deputado Eduardo Cunha, os ex-ministros Geddel Vieira Lima e Henrique Eduardo Alves e os ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco. "Quem não está preso, está hoje no Planalto. Essa turma é muito perigosa", afirmou. O Palácio do Planalto não quis comentar a entrevista. O depoimento de Joesley e os do corretor Lúcio Bolonha Funaro e do diretor jurídico da J&F Francisco de Assis serão usados na denúncia a ser a ser apresentada por Rodrigo Janot  (PGR) contra Temer ao Supremo dentro de dez dias.




Marcelo Odebrecht, que está preso desde 19 de junho de 2015

Postado por Marco Eusébio , 03 Junho 2017 às 15:00 - em: Principal

Marcelo Odebrecht, que no dia 15 deste mês completa dois anos de cárcere em Curitiba, não se conforma com o acordo feito pela JBS com os procuradores da Lava Jato. No blog Radar da Veja, o jornalista Gabriel Mascarenhas diz que o herdeiro da Odebrecht "ficou revoltado ao saber que Joesley Batista não passará um dia na cadeia e ainda poderá curtir a vida no exterior".




Lula quer evitar que mais um processo contra ele vá cair na alçada do juiz Sérgio Moro

Postado por Marco Eusébio , 29 Maio 2017 às 19:30 - em: Principal

A defesa de Lula pediu hoje ao ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo, que reveja sua decisão de enviar ao juiz Sergio Moro, em Curitiba, as acusações ao petista feitas por Joesley Batista, que disse em delação ao MPF que o acesso do grupo JBS a aportes bilionários do BNDES foi comprado à custa de milionárias propinas destinadas a Lula e Dilma Rousseff  por meio do ex-ministro da Fazenda dos dois, Guido Mantega. No recurso, a defesa de Lula diz que Joesley fez apenas "duas referências genéricas ao nome de Lula em sua delação, sem qualquer base mínima que possa indicar a ocorrência dos fatos ou, ainda, a prática de qualquer ato ilícito" e que "tais referências referem-se a situações ocorridas em Brasília ou em São Paulo, sem nenhuma relação com a Operação Lava Jato" e pedem que o caso seja enviado à Justiça Federal do DF ou SP. Lula já é réu em três processos da Lava Jato sob a alçada de Moro, em Curitiba, a quem a defesa acusa, reiteradas vezes, de parcialidade. (Com Veja.com)



Cid, citado na delação da JBS, e o falante irmão Ciro, que anda 'pianinho' sobre as falas dos irmãos Batista

Postado por Marco Eusébio , 23 Maio 2017 às 17:15 - em: Principal

Do Lauro Jardim no blog Radar da Veja:
 
"O loquaz Ciro Gomes anda calado. A delação da JBS o atingiu. Senão diretamente, de raspão: Joseley revelou ter dado propina para Cid Gomes."