Campo Grande, Quinta-Feira , 14 de Dezembro - 2017


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br

Posts com a tag: istoe

No site da IstoÉ o artigo intitulado 'Lula deve morrer' que provocou a ira dos petistas e da direção nacional do PT

Postado por Marco Eusébio , 12 Novembro 2017 às 14:15 - em: Principal

 
Na nota em seu site oficial, PT acionar a Justiça contra a publicação e o autor dizendo que a "revista IstoÉ ultrapassou todos os limites da venalidade e do jornalismo marrom que pratica". A nota acrescenta que o título da coluna "é tipicamente uma incitação ao crime, conforme previsto no artigo 286 do Código Penal Brasileiro. A Justiça será acionada para medidas cabíveis contra o medíocre autor do artigo e contra a revista que lhe deu guarida no ato criminoso". Leia aqui a íntegra no site do PT.



Lula lidera em rejeição seguido por
Lula segue na frente na preferência de voto para a Presidência em 2018. Porém é o mais rejeitado dentre todos os candidatos, por mais da metade dos eleitores, com 55,8%. É o que aponta levantamento do instituto Paraná Pesquisas feito para a IstoÉ e divulgado neste fim de semana pela revista.
 
No cenário em que Geraldo Alckmin aparece candidato pelo PSDB, Lula lidera com 26,1%, seguido por Jair Bolsonaro com 20,8%, Joaquim Barbosa 9,8%, Alckmin 7,3%, Marina Silva 7%, Ciro Gomes 4,5% e Álvaro Dias 4,1%. Quando o candidato tucano é João Doria, o petista lidera com 25,8%, seguido por Bolsonaro com 18,7%, Doria 12,3%, Joaquim Barbosa 8,7%, Marina Silva 7,1%, Ciro 4,5% e Álvaro Dias 3,5%. 
 
Outros três nomes aparecem com rejeição superior a 50%: Alckmin com 54,1%, Bolsonaro 53,9% e Ciro com 50,2%. Depois vem Marina com 46,3%, Joaquim Barbosa com 42,3% e Dória com 42,2%. A rejeição de Álvaro Dias não é citada na pesquisa.
 
"Se Lula, Alckmin e Bolsonaro não conseguirem reduzir a rejeição, dificilmente ganham a eleição de 2018. E se Alckmin ou Bolsonaro forem os adversários de Lula num segundo turno, tudo pode acontecer. Até a vitória de Lula”, disse Murilo Hidalgo, diretor do instituto.
 
Além de ser o menos rejeitado, o prefeito de São Paulo também é o menos conhecido: 15,4% disseram não conhecer Doria suficientemente para opinar. A pesquisa ouviu 2.020 entre segunda (24) e quinta-feira (27. A margem de erro é de 2 pontos para mais ou para menos.