Campo Grande, Segunda-Feira , 20 de Novembro - 2017


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br

Posts com a tag: fiems

Azambuja ouve discurso de Júnior Mochi após sancionar o fundo de equilíbrio fiscal hoje na sede da Fiems

Postado por Marco Eusébio , 23 Outubro 2017 às 18:30 - em: Principal

Empresários e políticos de Mato Grosso do Sul prevêem que o Fundo de Apoio ao Desenvolvimento Econômico e Equilibrio Fiscal do Estado (Fadefe) sancionado hoje pelo governador Reinaldo Azambuja durante evento na Casa da Indústria da Fiems, poderá por fim à "guerra fiscal" no estado. Para o presidente da Federação das Indústrias (Fiems), Sérgio Longen, a iniciativa "dá a tranquilidade para o setor empresarial vender seus produtos, colocando, enfim, um ponto final na guerra fiscal, que é o que todos temiam à espera de uma decisão judicial que poderia trazer prejuízos e preocupações a todos". Azambuja afirmou que isso dá "segurança" ao "empresário, que acreditou e investiu em Mato Grosso do Sul", para que "possa ampliar o prazo dos incentivos de 2028 para 2033", o que deve gerar novos empregos. O evento reuniu ainda o presidente da Assembleia, Júnior Mochi, deputados e empresários.




Em palestra hoje na sede da Fiems, superintendente do BB apresentou números do FCO Emrpesarial

Postado por Marco Eusébio , 09 Outubro 2017 às 13:30 - em: Principal

Menos burocracia fizeram aumentar vertiginosamente as contratações das linhas de crédito do Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO) Empresarial em Mato Grosso do Sul que de janeiro a setembro deste ano chegaram a R$ 463,6 milhões, 1.050% a mais comparados aos R$ 40,3 milhões contratados em 2016 no período. Também cresceu de forma expressiva o desembolso desses recursos no período: neste ano foram liberados R$ 1,1 bilhão pelo Banco do Brasil aos empresários de MS, 86% a mais do que os R$ 631,3 milhões no ano anterior. Os dados foram apresentados hoje de manhã pelo superintendente do BB estado, Glaucio Zanettin Fernandes, em palestra a empresários na Casa da Indústria da Fiems, em Campo Grande.




Sérgio Cruz, Carmen Cestari e Marcos Farias entrevistando Longen no programa Tribuna Livre da FM Capital

Postado por Marco Eusébio , 26 Setembro 2017 às 14:15 - em: Principal

O presidente da Fiems, Sérgio Longen, pediu aos deputados estaduais urgência na aprovação dos projetos que criam o Programa de Regularização de Benefícios Fiscais e o Fundo de Apoio ao Desenvolvimento Econômico e de Equilíbrio Fiscal do Estado (Refis), entregues à Assembleia na semana passada pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB). Em entrevista hoje à Rádio FM Capital, Longen disse que os projetos dão oportunidade as empresas de se legalizar. 
 
"Se você tem um incentivo fiscal que vence em 2028 e não quer fazer adesão para não pagar o fundo, que é de 8% a 15%, em 2028 seu incentivo fiscal termina e o Estado não poderá mais renovar. Caso o empresário decida aderir, ele tem seu incentivo fiscal prorrogado de 2028 para 2033, ou seja, recebe mais cinco anos de benefício fiscal e os que têm decreto também têm oportunidade de ir até 2033 numa situação de legalidade. Ninguém pode questionar que este ou aquele decreto não foi convalidado pelo Confaz", afirmou.
 
O presidente da Fiems reforçou que essa é uma grande oportunidade que o Estado tem de legalizar todos os incentivos fiscais. "Isso vai trazer tranquilidade, vai trazer investimentos, principalmente de grandes fundos que reconheciam nas suas áreas jurídicas muitas vezes a legalidade do incentivo fiscal", declarou.



Sérgio Longen e o líder do governo deputado Rinaldo, que teve sua foto estampada em cartaz 'contra aumento de impostos'

Postado por Marco Eusébio , 25 Agosto 2017 às 13:30 - em: Principal

Diante de mudanças à vista no Programa de Incentivos Fiscais do Governo de Mato Grosso do Sul, que cogita criar um fundo para obrigar indústrias que se instalaram com incentivos no estado a contribuir com 10% do que deixam de pagar de ICMS, mudança que deve passar pelo crivo da Assembleia, a Federação das Indústrias (Fiems) vai apelar para a tática de constranger deputados expondo fotos e nomes dos que são contra ou a favor do aumento de impostos em outdoors e em anúncios na imprensa. Essa é a nova fase da campanha "Acorda MS - Chega de Impostos", lançada hoje pela Fiems em parceria com a Fecomércio-MS, Famasul, Faems e OAB-MS. Frisando que o governo deve cortar gastos em vez de aumentar impostos, o presidente da Fiems, Sérgio Longen, aproveitou a presença no evento do deputado Rinaldo Modesto (PSDB) para questionar o líder do Governo na Assembleia. O tucano acabou declarando ser contra o aumento de impstos e teve seu nome e foto postado em um banner. Outro já declarou voto contra a os impostos, conforme a Fiems, é o deputado Paulo Corrêa (PR).




Deputado Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR) fará palestra aberta ao público com entrada franca na Casa da Indústria

Postado por Marco Eusébio , 23 Agosto 2017 às 16:30 - em: Principal


Na visita a Corumbá, Alfredo Zamlutti (Faems) experimenta bengala eletrônica e ouve explicações de aluna do Sesi

Postado por Marco Eusébio , 04 Julho 2017 às 14:00 - em: Principal

Cinco alunos da Escola do Sesi de Córumbá inventaram uma espécie de "bengala eletrônica" para deficientes visuais. Batizado de "Olho de Agamotto", o equipamento tem sensores programados para apitar no momento em que a pessoa que o utiliza se aproxima de qualquer tipo de barreira e visa facilitar a locomoção em áreas urbanas. O projeto levou o presidente da Fiems, Sérgio Longen, e o presidente da Federação das Associações Comerciais (Faems), Alfredo Zamlluti, a Corumbá na sexta-feira, quando alunos demonstraram o funcionamento do aparelho. A ideia é colocar o equipamento no mercado para torná-lo acessível aos deficientes visuais. 
 
Os estudantes explicaram que o "Olho de Agamotto" foi baseado no amuleto que o "Dr. Estranho", personagem de histórias em auadrinhos do Grupo Marvel, carrega no pescoço e é inspirado no mundo real no "O Olho que Tudo Vê", de Siddhartha Gautama, o Buda, líder religioso. "Não é necessário um pacote de internet móvel para a programação funcionar. São satélites de GPS que oferecem para o receptor do Olho de Agamotto a sua posição e destino final", explicou o aluno Adilson Corrêa Júnior, da 3ª série do Ensino Médio, um dos alunos responsáveis pelo desenvolvimento do projeto.



O sindicalista José Lucas critica reforma extinguir contribuição sindical e manter repasse ao sistema S

Postado por Marco Eusébio , 15 Maio 2017 às 16:45 - em: Principal

Sindicalistas de Mato Grosso do Sul querem o fim da contribuição do "Sistema S" (que inclui Sesi, Sesc, Senai, Senac e Sebrae) que recebem cerca de R$ 30 bilhões anuais do Orçamento da União. "Desse total, R$ 22 bilhões vêm de contribuições sociais que representam 3,1% da folha de pagamento do trabalhador", diz José Lucas da Silva, presidente da Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB/MS) e da Feintramag MS-MT. O Comitê Estadual Contra as Reformas Previdenciária e Trabalhista critica o fato de a Câmara dos Deputados ter aprovado a reforma trabalhista acabando com a contribuição sindical obrigatória, mas preservando as contribuições ao "Sistema S".
 
O sindicalista criticou o presidente da Fiems, Sérgio Longen, que defende a reforma trabalhista para enfraquecer os sindicatos. "Muito confortável para o senhor Sérgio Longen lutar contra os sindicatos laborais e contra os interesses dos próprios trabalhadores enquanto desfruta de recursos recolhidos sobre a folha de pagamento desses mesmos trabalhadores nas empresas", disparou José Lucas. Nessa queda-de-braço, sindicalistas pretendem pressionar senadores de seus estados para que aprovem emenda do senador Ataídes Oliveira (PSDB-TO) para acabar com a rica contribuição às entidades empresariais na fase de votação da reforma trabalhista no Senado.



General Theophilo, comandante logístico do Exército, fará palestra na Fiems

Postado por Marco Eusébio , 02 Maio 2017 às 16:15 - em: Principal

O Exército vai apresentar a empresários de Mato Grosso do Sul detalhes sobre a possibilidade de fornecer suprimentos às tropas que atuam em missões de paz da Organização das Nações Unidas (ONU) no exterior. Em parceria do Comando Militar do Oeste (CMO) com a federação das indústrias, a Fiems, o general Guilherme Cals Theophilo Gaspar de Oliveira, comandante logístico do Exército, fará palestra sobre o tema "Oportunidades de Negócios para Empresários com o Exército e a ONU", amanhã, a partir das 14h, na sede da Casa da Indústria, em Campo Grande.