Campo Grande, Sábado , 17 de Fevereiro - 2018


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br

Posts com a tag: eleicoes-2018

Postado por Marco Eusébio , 16 Fevereiro 2018 às 12:15 - em: Principal

Frisando que será uma eleição de poucos recursos, e que prefere o "poder do povo" do que o "poder econômico", o juiz aposentado Odilon de Oliveira deu início à organização da pré-campanha em Campo Grande em reunião na sede do PDT, na noite anterior, com lideranças movimentos sociais, de bairros e pré-candidatos. Em seu projeto de disputar o governo, Odilon  disse que a meta é formar núcleos de base, para mobilizar o maior número de filiados e voluntários, e pediu aos apoiadores para que compartilhem informações da sua pré-campanha no Facebook e em outras redes sociais e também via Whatsapp.




Luciano Huck já tomou a decisão que deve ser anunciada até amanhã, diz O Globo

Postado por Marco Eusébio , 15 Fevereiro 2018 às 18:00 - em: Principal

"Luciano Huck não será candidato a presidente da República. A decisão já foi tomada pelo apresentador. E será anunciada até amanhã" diz o Lauro Jardim em blog no O Globo. "Ontem, Huck rascunhou algumas linhas para explicar seus motivos. O apresentador não se filiará a partido algum, mas dirá que continuará discutindo as questões relevantes do Brasil", acrescenta. O jornalista diz ainda que, ao saber que Huck desistiu de vez de ser candidato, um embaixador brasileiro, cultor de ironia fina, comentou: "– Poxa! Logo o único candidato que tinha programa?"




Questionado pela imprensa, Azambuja afirmou que André quer 'ganhar por W.O.,não quer disputar a eleição'

Postado por Marco Eusébio , 15 Fevereiro 2018 às 12:45 - em: Principal

 
"Eu acho que eleição você não escolhe adversários", disse Azambuja. "Ele quer, praticamente, fazer uma aliança que elimine a possibilidade da disputa", emendou. O tucano agradeceu o convite, mas frisou que "de forma alguma aceitaria". "Espero que ele dispute as eleições e dê a oportunidade para o povo escolher. Ninguém deve ganhar no W.O., W.O é muito feio". 
 
Questionado se estava confirmando sua candidatura à reeleição, o governador afirmou que essa decisão cabe ao seu partido, mas "com certeza o PSDB terá uma candidatura ao governo do Estado". As declarações à imprensa foram feitas na Escola Estadual Lino Villachá, após entrega de uniformes e kits escolares à alunos na volta às aulas da rede estadual. Ouça a íntegra do que disse Azambuja no áudio abaixo.




Postado por Marco Eusébio , 14 Fevereiro 2018 às 14:45 - em: Principal

Nas eleições deste ano em MS, o PSDB deveria deixar as vagas ao Senado para atrair aliados para tentar reeleger o governador Azambuja, ou lançar um dos tucanos de olho na candidatura: os secretários Eduardo Riedel (Governo), Marcelo Miglioli (Infraestrutura); e o deputado federal Geraldo Resende? Opine votando (conectado ao Facebook) à direita, na nova Enquete do Blog!




Com R$ 888,7 milhões do Fundo Partidário mais R$ 1,716 bilhão do fundo eleitoral, partidos terão cerca de R$ 2,5 bilhões

Postado por Marco Eusébio , 14 Fevereiro 2018 às 13:15 - em: Principal

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) autorizou o uso do Fundo Partidário para bancar campanhas eleitorais neste ano. Com isso, partidos políticos terão R$ 888,7 milhões a mais para gastar, sendo R$ 780,3 milhões oriundos da União, além do R$ 1,716 bilhão do fundo eleitoral – criado para compensar o fim das doações empresariais, proibidas pelo Supremo em 2015. Somando os dois fundos, o orçamento eleitoral deve ficar próximo dos R$ 2,5 bilhões em 2018, informa o Estadão de S.Paulo.




Resolução do TSE permite que candidatos possam bancar do próprio bolso sua campanha em 2018

Postado por Marco Eusébio , 14 Fevereiro 2018 às 12:00 - em: Principal

Alegando que a medida vai beneficiar os mais ricos, o PSB acionou o Supremo Tribunal Federal (STF) contra decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que permite aos candidatos financiarem suas campanhas neste ano com dinheiro do próprio bolso até o limite previsto para cada cargo: R$ 70 milhões para presidente da República; até R$ 21 milhões para governador, dependendo do estado; até R$ 2,5 milhões para deputado federal e até R$ 1 milhão para candidatos às cadeiras de deputado estadual. A resolução do TSE “coloca em risco a paridade de armas no processo eleitoral e a própria democracia", disse o advogado do PSB, Rafael Carneiro, à Coluna do Estadão.




Marun diz que sem reforma da Previdência projeto eleitoral de Michel Temer ficaria 'menos viável'

Postado por Marco Eusébio , 12 Fevereiro 2018 às 18:00 - em: Principal

Michel Temer é candidato a presidente da República? Indagado pelo jornal gaúcho Zero Hora, o ministro Carlos Marun (Secretaria de Governo respondeu: "Sim, pode ser. Vai depender de muitas coisas, inclusive o Brasil que vamos ter no início de março. Seremos um Brasil em crescimento. Com a reforma, essa ascensão vai se tornar mais forte. Sem a reforma, tende a diminuir. Com a reforma, nosso projeto eleitoral se torna mais viável. Sem a reforma, nosso projeto se torna menos viável".
 
O jornal questionou: "Sem reforma, não é candidato?". Marun ponderou: "Não chegaria a ser tão fatalista. Pensamos que o grupo de partidos que apoia o governo tenha posição conjunta nas eleições. Pode apoiar um candidato do grupo, hoje estão postos o Rodrigo Maia (presidente da Câmara) e o Henrique Meirelles (ministro da Fazenda). Pode ser o presidente Temer. Hoje ele não quer, mas pode se animar, entendeu? Outra possibilidade é apoiar candidato de fora, que tenha visão de sociedade semelhante à nossa."
 
Leia aqui a íntegra no site GaúchaZH.



Carlos Massa, o Ratinho, apresentador do SBT

Postado por Marco Eusébio , 12 Fevereiro 2018 às 16:00 - em: Principal

Da coluna Painel, hoje, na Folha de S.Paulo - SP
 
– "Se for para ter um candidato a presidente da República televisivo, eu confesso que preferiria o Ratinho. É muito mais autêntico."
 
Do ministro Carlos Marun, da Secretaria de Governo, sobre a possibilidade de o apresentador da Rede Globo Luciano Huck concorrer ao Planalto. 



Jatinho da empresa de Luciano Huck foi comprado com crédito subsidiado com juros baixos pelo Finame via BNDES

Postado por Marco Eusébio , 12 Fevereiro 2018 às 14:20 - em: Principal

A possível candidatura de Luciano Huck ao Planalto rende novas notícias sobre o passado do apresentador de TV. Informação divulgada pelo blog Tijolaço no fim de semana, que o jornal Correio Braziliense diz ter confirmado, revela que a empresa Brisair Servicos Técnicos Aeronáuticos Ltda., do casal Huck e Angélica, recebeu do BNDES, em 2013, empréstimo, que teve o banco Itaú como operador, de R$ 17, 71 milhões para comprar o jatinho Phenom 505, prefixo PP-HUC, com juros subsidiados de 3% ao ano, cinco meses de carência e 114 meses para pagamento. O crédito foi feito pelo programa Finame (financiamentos a máquinas e equipamentos), que garantia juros subsidiados: parte do empréstimo era pago pelo Tesouro Nacional, a correção era inferior a Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP), e o governo ainda bancava a diferença entre a Selic e a TJLP nos empréstimos via PSI, diz o Correio Braziliense, informando não ter encontrado a assessoria de Huck para comentar o caso.



Olho nos olhos: 'O PT precisa ser levado ao divã' sugeriu o ex-BBB Mamão a Lula

Postado por Marco Eusébio , 12 Fevereiro 2018 às 13:00 - em: Principal

Em meio ao êxodo de lideranças regionais do partido (leia abaixo PT faz 38 anos sem comemoração em MS) há quem prefira ficar na sigla em Mato Grosso do Sul. Um resistente é o advogado Ilmar Renato Fonseca, o Mamão. Em julho do ano passado, após ficar conhecido em nível nacional por participar do Big Brother Brasil 17 da Globo, Mamão se encontrou com Lula no Congresso Nacional do PT em Brasília, e sugeriu ao ex-presidente: 
 
– "O PT precisa ser levado ao divã".
 
Com 39 anos, um há mais do que o partido do qual é filiado há 22, Mamão foi secretário de Juventude do PT de Campo Grande nos anos 2000 e agora quer disputar uma cadeira de deputado federal, mas admite que enfrenta resistências internas à sua candidatura. Mesmo assim, rejeita conselhos para buscar outro partido. Acredita que, se fizer "uma autoanálise" e "buscar sua essência, o PT vai se recuperar".