Campo Grande, Terça-Feira , 17 de Outubro - 2017


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br

Posts com a tag: eleicoes-2018

O presidenciável Álvaro Dias e Romário estarão em Campo Grande nos dias 9 e 10 para lançamento do Podemos

Postado por Marco Eusébio , 16 Outubro 2017 às 18:00 - em: Principal

Visando as eleições de 2018, os senadores Álvaro Dias (PR), pré-candidato à Presidência da República, e Romário (RJ), visitarão Campo Grande em novembro para o ato de lançamento do Podemos (ex-PTN) em Mato Grosso do Sul. O evento está marcado para o dia 10, às 10h, na Câmara dos Vereadores. A comitiva chegará um dia antes e contará com participação da presidente nacional da sigla, a deputada federal Renata Abreu (SP), e o ex-jogador Marcelinho Carioca. Cláudio Sertão, presidente regional do Podemos, disse hoje ao Blog que deverão ser filiados pelo menos 25 vereadores de todo o estado no evento.




Luiz Flávio, o Lula Guimarães, vai buscar melhorar a imagem de Geraldo Alckmin nas redes sociais

Postado por Marco Eusébio , 11 Outubro 2017 às 11:00 - em: Principal

Luiz Flávio Guimarães, o Lula Guimarães, que atuou na estratégia de campanha de João Doria para a Prefeitura de São Paulo, foi contratatado pelo PSDB paulista para cuidar da imagem de Geraldo Alckmin na internet. "Nas mídias sociais, Alckmin hoje beira a invisibilidade. O contrato vai até dezembro. E pode ser renovado para a campanha presidencial", diz Lauro Jardim em blog no O Globo.




Dagoberto planeja trazer Ciro de volta a Campo Grande e diz que meta é eleger o juiz Odilon governador

Postado por Marco Eusébio , 10 Outubro 2017 às 18:30 - em: Principal

Dirigentes estaduais do PDT querem trazer Ciro Gomes, pré-candidato à Presidência da sigla, de volta a Campo Grande no dia 11 de novembro para evento de filiação do juiz federal aposentado Odilon de Oliveira ao partido. "Combinamos que ele vem para o PDT no dia 11 de novembro. Vamos fazer uma grande festa e lá ele vai sair candidato a governador”, diz João Leite Schimidt em nota enviada pela assessoria do PDT hoje à imprensa. "A meta é eleger Ciro presidente e o doutor Odilon governador", reforça o deputado federal Dagoberto Nogueira, presidente regional do partido.




Juiz Odilon, cotado a virar candidato em 2018, mantém a escolta da PF por autorização do CNJ depois da aposentadoria

Postado por Marco Eusébio , 10 Outubro 2017 às 17:20 - em: Principal

Depois de antecipar sua aposentadoria visando as eleições de 2018, o juiz federal Odilon de Oliveira diz em matéria divulgada hoje pelo jornal O Estado de S.Paulo que, além do PDT de Ciro Gomes, foi procurado por outros  presidenciáveis. "Fui sondado pelo Bolsonaro (PSC-RJ), pelo Kassab (PSD-SP) e pelo Álvaro Dias (Podemos-PR). São dirigentes de bons partidos, mas meu filho já é vereador pelo PDT e vejo que o partido tem um conteúdo bom. Querem que eu me filie no dia 11 de novembro para disputar o governo ou o Senado, mas ainda estou pensando", disse o Odilon pai ao Estadão. 




Zeca: 'Minha meta é sanear financeiramente o PT, articular uma boa frente em MS e eleger Lula presidente'

Postado por Marco Eusébio , 09 Outubro 2017 às 19:00 - em: Principal

Sobre o ato de filiações promovido pelo PT em Campo Grande neste fim de semana com participação do presidente nacional da CUT Vagner Freiras (leia aqui), alguns leitores indagaram o motivo da ausência do presidente estadual da sigla, Zeca do PT. Fiz a pergunta ao deputado federal, que respondeu:
 
"Estava com compromisso inadiável com Gilda no interior. Mas você sabe que foi um grande evento, com mais de 500 filiações. Esqueçam o fiasco daqueles que saíram. Eu não quero centralizar a direção do PT.
 
Eu me impus dois desafios.
 
1. Sanear financeiramente a direção estadual do PT. Hoje estamos com o custeio básico em dia e negociando a divida com INSS e FGTS e a Justiça Eleitoral. Acabou a bandalheira
 
2. Incentivar o surgimento de novos dirigentes e lideranças. O que interessa e atticular uma boa frente do MS e eleger Lula presidente.
 
Minha presença é de menos. A filiação normalmente é do Diretório Municipal."



Para caçar e tentar barrar 'fake news' durante o ano eleitoral, Facebook vai contratar mil pessoas até 2018

Postado por Marco Eusébio , 09 Outubro 2017 às 15:15 - em: Principal

O Facebook vai contratar cerca de mil pessoas para monitorar e tentar impedir a circulação de "fake news" na rede social no ano que vem quando haverá eleições presidenciais em países como Brasil, México e Colômbia. "A iniciativa faz parte de uma estratégia global do Facebook, aperfeiçoada após as eleições presidenciais nos EUA", diz o Lauro Jardim em blog no O Globo.




Presidente do PTB, Nelsinho disse ao Blog que o PDT o quer na chapa com Odilon para eleições de 2018 em MS

Postado por Marco Eusébio , 07 Outubro 2017 às 17:00 - em: Principal


Em discursos, Odilon manteve suspense e Schimidt foi direto: juiz vai se filiar em 11/11 para disputar o governo de MS

Postado por Marco Eusébio , 07 Outubro 2017 às 11:00 - em: Principal

No seu primeiro dia como juiz federal aposentado, Odilon de Oliveira participou de ato do PDT para a filiação do ex-deputado federal Antonio Carlos Biffi em Campo Grande na noite anterior, quando foi convidado publicamente pelo presidente nacional da sigla, Carlos Lupi, a ingressar no partido. Seu filho Odilon Júnior, presidente do diretório municipal da sigla, falou em fazer do pai "governador de Mato Grosso do Sul". O juiz, entretanto, foi político ao discursar, mantendo o suspense. Disse que vai se filiar a um partido "que se identifica com a população", disse que ainda avalia o cenário, mas sublinhou que o PDT "se identifica" com seu objetivo. Muito mais político, mas bem menos discreto, o "cacique" da sigla, João Leite Schimidt, foi direto em seu discurso. Declarou ter combinado com Odilon que ele vai se filiar no PDT no dia 11 do 11 e vai sair candidato ao cargo de governador em 2018.




Cartaz do PT-MS anuncia ato de filiação neste sábado em Campo Grande

Postado por Marco Eusébio , 06 Outubro 2017 às 15:45 - em: Principal

Depois de perder Biffi e um grupo de seguidores que o ex-deputado federal está levando para o PDT, o PT se reforça para as eleições de 2018 em MS. Com a presença do presidente nacional da CUT Vagner Freitas neste sábado, em Campo Grande, o diretório regional do partido, sob comando de Zeca do PT, promete filiar mais de 200 pessoas, incluindo lideranças sindicais como o presidente da Federação dos Trabalhadores nas Indústrias da Alimentação e Afins (FTIAA-MS), Vilson Gregório, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Pesada (SINTICOP-MS) Walter Vieira dos Santos e o presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e Materiais Elétricos (STIMMMEMS) Róbson Willian. O ato será a partir das 9h no Buffet Romeu & Julieta, à Rua 26 de Agosto nº 2335, no Bairro Amambaí. Na ocasião será homenageado Sebastião Gregório (in memoriam), o Neguinho, ex-dirigente da CUT-MS e militante do PT.




Plenário do TSE durante a sessão de ontem quando foi negado o pedido de registro do Muda Brasil

Postado por Marco Eusébio , 06 Outubro 2017 às 13:30 - em: Principal

Por cinco votos a um, ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negaram registro de partido ao Muda Brasil, que visava lançar Jair Bolsonaro à Presidência, que estava sendo criado por grupo ligado ao ex-deputado Valdemar da Costa Neto, condenado no mensalão. Com a decisão, Bolsonaro terá de ficar no PSC ou buscar outra sigla para ser candidato. A maioria dos ministros, inclusive o presidente da Corte, Gilmar Mendes, entendeu que, embora tenha alcançado as 500 mil assinaturas exigidas por lei, elas não foram apresentadas quando foi protocolado o pedido de registro no TSE, em 17 de dezembro de 2015. Na ocasião foram apresentadas 354 mil assinaturas, complementadas depois até chegar ao número mínimo exigido pela Lei dos Partidos Políticos (Lei nº 9.096/95).