Campo Grande, Domingo , 25 de Fevereiro - 2018


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br

Posts com a tag: eike-batista

Porsche Cayenne apreendido de Eike que era usado pelo juiz federal, agora condenado, Flávio Roberto

Postado por Marco Eusébio , 21 Fevereiro 2018 às 11:00 - em: Principal

O juiz federal Flávio Roberto de Souza, conhecido após ser flagrado dirigindo o Porsche apreendido do empresário Eike Batista em 2015 (leia aqui), foi condenado de 52 anos de prisão, perda do cargo e a pagar multa de R$ 599 mil em dois processos, por peculato e lavagem de dinheiro. As decisões, são do juiz Gustavo Pontes Mazzocchi, da 2ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro.

Em um dos processos, o Ministério Público Federal acusou Flávio Roberto de desviar R$ 106 mil obtidos com a venda do carro do traficante espanhol Oliver Ortiz que havia sido preso pela Polícia Federal, quando era titular da na 3ª Vara Federal Criminal do RJ.

Em outro processo, o MPF acusou o juiz de desviar R$ 290,5 mil de uma conta da Justiça Federal, que usou para comprar um Land Rover Discovery; e de se apropriar de 105,6 mil dólares e 108,1 mil euros, usados para comprar um apartamento na Barra da Tijuca.

“Consequências gravíssimas, não apenas pelo desaparecimento de autos processuais – que acabaram por ser parcialmente restaurados –, mas pela desmoralização absoluta do Poder Judiciário como um todo e, especialmente, da Justiça Federal e da magistratura, decorrência dos atos criminosos perpetrados por aquele que deveria aplicar a lei. Poucas vezes se teve notícia de agente da magistratura que tenha conseguido achincalhar e ridicularizar de forma tão grave um dos poderes do Estado”, afirmou em sua decisão o juiz Gustavo Mazzocchi.




Além de Temer, no vídeo ladrões também citam Bolsonaro, Lula Geddel e Eike Batista

Postado por Marco Eusébio , 05 Outubro 2017 às 11:30 - em: Principal

Políticos viraram alvo de "bulliyng virtual" de ladrões em vídeo que circulou nesta semana nas redes sociais. Nas imagens que mostram o roubo a um cofre que seria de uma construtora, um dos ladrões fala: "Aê, Temer, seu fdp! Pensa que é só você que rouba, né, seu fdp. Nóis também (sic)rouba. Pega a visão". Os assaltantes também citam presos da Lava-Jato, como o ex-miistro Geddel Vieira Lima e Eike Batista. "Chora não Geddel", dizem. Outro diz que vota em Bolsonaro, mas chama o deputado de "ladrão". Enquanto enchem uma mochila com dinheiro, o primeiro rebate: "O Lula tem que ganhar de novo, pô..." Veja o vídeo.




Juiz Flávio Roberto chegou a ser flagrado dirigindo o Porsche Cayenne de Eike Batista, que havia sido apreendido pela Justiça

Postado por Marco Eusébio , 07 Agosto 2017 às 16:30 - em: Principal

O juiz federal aposentado Flávio Roberto de Souza, que havia se apropriado dos bens de Eike Batista, foi condenado a um ano de prisão por fraude processual e a sete anos por peculato, informa o Lauro Jardim em blog no O Globo hoje. A decisão é do juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Criminal da Justiça Federal do Rio de Janeiro. Em novembro de 2015, Flávio foi condenado à aposentadoria compulsória pelo Tribunal Regional Federal da 2ª Região (RJ e ES). Ele chegou a ser flagrado dirigindo um carro de luxo de Eike e, conforme a decisão de Bretas, se apropriou de R$ 24 mil e US$ 400 apreendidos pela justiça.




Gilmar Mendes se diz sem impedimento para julgar Eike Batista

Postado por Marco Eusébio , 26 Maio 2017 às 01:15 - em: Principal

Gilmar Mendes enviou na noite anterior à presidente do Supremo, Cármen Lúcia, sua resposta ao pedido de impedimento para julgar Eike Batista, feito pela Procuradoria Geral da República. "Mendes não aceitou o pedido e declarou-se livre para julgar o empresário", diz o blog do Lauro Jardim em O Globo.



Eike, que está em prisão domiciliar concedida por Gilmar Mendes, corre risco de voltar à prisão

Postado por Marco Eusébio , 13 Maio 2017 às 09:00 - em: Principal

Eike Batista terá de pagar fiança de R$ 52 milhões dentro de três dias úteis, a contar de segunda-feira, sob risco de voltar à prisão. A decisão foi tomada ontem pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio, e a intimação deve ser entregue neste sábado ao empresário que está em prisão domiciliar desde o dia 30 de abril, graças a liminar concedida pelo ministro Gilmar Mendes, do Supremo. A fiança já tinha sido determinada por Bretas e teria de ser paga até a terça-feira anterior. Um dia antes, o prazo foi suspenso pelo juiz após a defesa alegar que havia R$ 78 milhões do empresário bloqueados em excesso na 3ª Vara Federal Criminal do Rio, por outros processos em que ele é réu. Foi pedido que esse dinheiro fosse usado para pagar a fiança. Bretas consultou a juíza da 3ª Vara, Rosália Monteiro Figueira, que negou haver bloqueio em excesso. Por isso, ontem, o juiz voltou a determinar prazo para a fiança. (Com site Veja)




Eike, diante de fiança milionária estipulada por juiz do Rio, deve apelar a Gilmar Mendes

Postado por Marco Eusébio , 04 Maio 2017 às 17:30 - em: Principal

 Por Gabriel Mascarenhas no blog Radar da Veja:

 
"Eike Batista tomou um susto ao ver a decisão em que o juiz Marcelo Bretas estipulou o pagamento de 52 milhões de reais para ele não voltar à cadeia. O empresário tem dito que, com seus milhões bloqueados, não tem a grana exigida pelo magistrado da Justiça Fluminense. E se a fiança não for depositada até segunda-feira, ele será levado de volta ao calor de Bangu. A defesa vai recorrer a todas as instâncias. O advogado de Eike, Fernando Martins, também estuda entrar com um recurso direto a Gilmar Mendes, que concedeu habeas corpus para o empresário deixar a prisão na semana passada. A defesa pode argumentar que, na prática, a canetada de Bretas inviabiliza o cumprimento da decisão do ministro do Supremo. Quem conhece Gilmar Mendes aposta que, caso venha a receber o pleito de Eike, ele derrubará a decisão do juiz de primeiro grau na mesma hora, mantendo o réu em casa do Jardim Botânico, no Rio."



Postado por Marco Eusébio , 01 Maio 2017 às 13:30 - em: Principal




Eike Batista deve ganhar liberdade por decisão de Gilmar Mendes

Postado por Marco Eusébio , 28 Abril 2017 às 18:45 - em: Principal

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo, determinou hoje a libertação do empresário Eike Batista, preso desde janeiro pela Operação Eficiência que investiga fraudes em contratos de empresas com o governo do Rio de Janeiro. Na decisão, ainda não divulgada na íntegra, o ministro suspende os efeitos da ordem de prisão preventiva decretada pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal do Rio. Pela decisão de Mendes, Eike deverá ser solto se não estiver cumprindo outro mandado de prisão. Caberá ao juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal no Rio de Janeiro, avaliar se o empresário será solto e aplicar medidas cautelares. (Com Agência Brasil)