Campo Grande, Sábado , 18 de Novembro - 2017


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br

Posts com a tag: dinheiro

Geddel e Gustavo Ferraz foram presos hoje em Salvador: as digitais dos dois estavam na dinheirama apreendida pela PF

Postado por Marco Eusébio , 08 Setembro 2017 às 12:00 - em: Principal

Três dias depois de agentes federais encontarem R$ 51 milhões em malas e caixas em um apartamento cedido ao ex-ministro na capital baiana, na maior apreensão de dinheiro vivo já feita no Brasil, o ex-ministro Geddel Vieira Lima, que cumpria prisão domiciliar, voltou a ser preso preventivamente hoje pela Polícia Federal em Salvador para evitar sua fuga e destruição de provas, em nova etapa da Operação Tesouro Perdido, decorrente da Cui Bono que investiga fraudes na Caixa Econômica Federal. A perícia encontrou no dinheiro digitais de Geddel e de Gustavo Ferraz, coordenador-geral de Defesa Civil do município, que foi exonerado do cargo pela Prefeitura de Salvador após a prisão.




Dinheirama encontrada em apartamento de bairro nobre de Salvador seria do ex-ministro Geddel Vieira Lima

Postado por Marco Eusébio , 05 Setembro 2017 às 17:00 - em: Principal

A foto com malas e caixas de dinheiro divulgada hoje pela Polícia Federal se espalhou em grupos de WhatsApp e nas redes sociais. A dinheirama que já ultrapassa a R$ 22,5 milhões (a contagem continua) foi encontrada hoje em um apartamento em Salvador que seria do ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB-BA), na Operação Tesouro Perdido, desdobramento da Cui Bono, que investiga fraudes na liberação de créditos da Caixa Econômica Federal. Geddel foi vice-presidente de Pessoa Jurídica do banco de 2011 e 2013, no governo Dilma; e no governo Temer era ministro da Secretaria de Governo. Sua prisão foi decretada em julho, a pedido do MPF que o acusou de ser "um criminoso em série" que faz dos crimes contra a administração pública "sua própria carreira profissional". Geddel cumpre prisão domiciliar na Bahia. O apartamento teria sido emprestado para que o ex-ministro guardasse os pertences do seu pai, já falecido. Durante as investigações da PF, surgiu a suspeita de que ele estava usando o local para esconder dinheiro e outras provas de atos ilícitos.




Montanha de cédulas falsas simboliza apenas metade dos R$ 4 bilhões recuperados em operações da Lava Jato

Postado por Marco Eusébio , 28 Agosto 2017 às 16:30 - em: Principal

Uma montanha de cédulas falsas de 100 reais simbolizando os R$ 2 bilhões, metade dos R$ 4 bilhões recuperados da corrupção durante as várias fases da Operação Lava Jato, chamou a atenção de quem passou hoje pelo calçadão da Rua XV de Novembro, a chamada "Boca Maldita", no Centro de Curitiba. O cenário faz parte do marketing do filme "Polícia Federal - A Lei É Para Todos" que será exibido hoje à noite em pré-estreia na capital do vizinho Paraná (veja aqui o treiler) e estreará nos cinemas de todo o País no dia 7 de setembro, o Dia da Independência.