Campo Grande, Sexta-Feira , 19 de Janeiro - 2018


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br

Posts com a tag: diesel

Em seis meses a gasolina acumula alta de 28,05% e do diesel 24,36% depois de quase 120 reajustes feitos pela Petrobras

Postado por Marco Eusébio , 10 Janeiro 2018 às 13:45 - em: Principal

Ano novo, velhas notícias. Um dia depois de divulgar corte de 0,2% no preço do diesel e aumento de 0,7% no da gasolina comercializados nas referinarias, válidos a partir de hoje, a Petrobras anunciou nesta quarta-feira aumentos de 1,4% no preço da gasolina e de 1% no do diesel, nas refinarias, válidos a partir de amanhã, diz o jornal Valor. Desde o início da nova política de ajustes adotada em 3 de julho, a estatal do petróleo reajustou os preços quase 120 vezes. Nesses seis meses a gasolina acumula alta de 28,05% e do diesel 24,36%.




Preço do litro da gasolina nas bombas vai ficar até 41 centavos mais caro a partir de hoje para 'aba$tecer' o governo

Postado por Marco Eusébio , 21 Julho 2017 às 09:00 - em: Principal

O brasileiro amanhece pagando a conta agora mais cara agora com aumento no preço dos combustíveis. O governo Michel Temer dobrou a alíquota de PIS-Cofins da gasolina cujo preço por litro vai subir até R$ 0,41 na bomba. No caso do diesel, o tributo subiu 86% e o aumento será de R$ 0,21; e o etanol pode ficar até R$ 0,20 mais caro. O governo diz que espera arrecadar R$ 10,4 bilhões neste ano com o aumento. Entidades da indústria como CNI e a Fiesp criticaram o aumento de imposto. Ao chegar à Argentina na noite anterior para a Cúpula do Mercosul, Temer disse que "a população vai entender" as medidas.




Gasolina na bomba deve subir R$ 0,04 por litro, em média

Postado por Marco Eusébio , 20 Abril 2017 às 20:30 - em: Principal

A Petrobras decidiu subir em 2,2% o preço da gasolina nas refinarias e em 4,3% o do diesel a partir desta sexta-feira. Se o ajuste feito hoje for todo repassado e não houver alterações nos demais itens que compõem o preço ao consumidor final, o diesel pode subir 2,9% ou cerca de R$ 0,09 por litro em média, e a gasolina 1,2% ou R$ 0,04 por litro, em média. "A decisão é explicada principalmente pela elevação dos preços dos derivados nos mercados internacionais", disse a estatal em nota.