Campo Grande, Segunda-Feira , 26 de Junho - 2017


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br

Posts com a tag: delacao

Eunício de Oliveira ao ler o pedido de criação da CPI de deputados e senadores para investigar o grupo JBS

Postado por Marco Eusébio , 31 Maio 2017 às 10:15 - em: Principal

O presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), leu na noite anterior o pedido de criação da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) para investigar o grupo de frigoríficos JBS. Líderes de partidos vão indicar 16 senadores e 16 deputados titulares e igual número de suplentes e a CPI da JBS deve começar a funcionar na semana que vem. Como de praxe, os dois principais autores do pedido da CPI, deputado Alexandre Baldy (Podemos-GO) e senador Ataídes Oliveira (PSDB-TO), devem comandar a comissão. Baldy disse à imprensa que um acordo prevê que ele seja relator e o senador tucano presida a CPI. Ambos afirmaram que um dos primeiros atos deve ser a convocação de executivos do grupo J&F, como os irmãos Joesley e Wesley Batista, e funcionários do BNDES. A meta é fiscalizar contratos de empréstimos do BNDES às empresas do grupo J&F, holding que controla a JBS, o acordo de delação dos executivos da JBS, as operações no mercado de dólar e na bolsa antes de a delação ser divulgada e possíveis irregularidades fiscais e previdenciárias dessas empresas.




Paulo Corrêa (em pé) e Flávio Kayatt (à direita) foram escolhidos como presidente e relator da comissão

A comissão especial criada pela Assembleia Legislativa para investigar denúncias do empresário Joesley Batista, da JBS, contra o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), será presidida pelo deputado Paulo Corrêa (PR) e terá como relator o tucano Flávio Kayatt. Os nomes foram definidos no fim da tarde de hoje, após definidos pela manhã os cinco integrantes da comissão, que conta ainda com os deputados Eduardo Rocha e Márcio Fernandes (ambos do PT) e, pela oposição, o petista Pedro Kemp. A primeira reunião de trabalho será amanhã, às 15h30, no Plenarinho da Assembleia, informou ao Blog o deputado Eduardo Rocha, vice-presidente da comissão. Em delação premiada, Joesley disse à PGR que frigoríficos do grupo pagavam propina para obter isenções fiscais em Mato Grosso do Sul num esquema que teria sido iniciado no governo Zeca do PT, continuado nas gestões de André Puccinelli (PMDB) e chegado até o atual governo.




Absolvição de Cláudia Cruz seria um sinal de que Cunha resolveu colaborar com a Lava Jato?

Postado por Marco Eusébio , 26 Maio 2017 às 13:25 - em: Principal

A decisão do juiz Sérgio Moro, que absolveu a jornalista Cláudia Cruz da acusação da PGR de que ela seria "lavadora" de dinheiro de propinas recebidas pelo outrora poderoso marido, estimula entre advogados de todo o Brasil a seguinte pergunta:
 
– "Estaria Eduardo Cunha delatando?"
 



Cid, citado na delação da JBS, e o falante irmão Ciro, que anda 'pianinho' sobre as falas dos irmãos Batista

Postado por Marco Eusébio , 23 Maio 2017 às 17:15 - em: Principal

Do Lauro Jardim no blog Radar da Veja:
 
"O loquaz Ciro Gomes anda calado. A delação da JBS o atingiu. Senão diretamente, de raspão: Joseley revelou ter dado propina para Cid Gomes."



Marun enviou nota após reunião com Temer nesta noite: 'Situação é gravíssima'

Postado por Marco Eusébio , 17 Maio 2017 às 23:16 - em: Principal

Planalto, o deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) acaba de enviar a seguinte nota via WhatsApp aqui ao Blog: 
 
"Acabo de sair de reunião com o presidente Temer. Está triste, mas confiante na superação da crise. Sua posição foi explicitada na nota divulgada (leia aqui a nota citada pelo deputado).
 
É triste que a colaboração premiadíssima de um empresário, que se tornou bilionário em função de favores recebidos durante o governo do PT, esteja causando tanta insegurança exatamente no momento em que finalmente voltávamos a crescer e gerar empregos. 
 
A situação é gravíssima, mas temos que aguardar os acontecimentos."



Caixa de campanha e ex-ministro de Lula e Dilma, Palocci tem muito a falar

Postado por Marco Eusébio , 13 Maio 2017 às 16:00 - em: Principal

Por Gabriel Mascarenhas no blog Radar da Veja:
 
"Pronto para delatar, Antonio Palocci está magoadíssimo com Lula e Paulo Okamotto. A um interlocutor, ele disse que, desde que foi preso, a dupla o abandonou e até parou de enviar sinais de solidariedade por terceiros."



Antonio Palocci, preso: delação ainda está de pé, diz blogueiro de O Globo

Postado por Marco Eusébio , 08 Maio 2017 às 15:15 - em: Principal

"Antonio Palocci não desistiu de fazer delação. Resolveu apenas trocar o advogado que fará a negociação com a Procuradoria Geral da República", diz Lauro Jardim em blog no O Globo.




Delcídio omitiu fatos revelados por ex-diretor da Odebrecht

Postado por Marco Eusébio , 22 Abril 2017 às 13:00 - em: Principal

O acordo de delação de Delcídio do Amaral com a Lava Jato homologado no ano passado será reavaliado pela Procuradoria-Geral da República que poderá rever as penas e até romper o acordo. Isso porque o ex-senador de MS negou à força-tarefa ter recebido qualquer propina atrelada à Refinaria de Pasadena (EUA) e disse aos procuradores que nunca participou de reuniões sobre a obra. No entanto, o ex-diretor da Odebrecht Rogério Araújo relatou em sua delação que o ex-diretor de Serviços da Petrobras Renato Duque falou de uma reunião, em 2006, na qual a UTC Engenharia se comprometeu a pagar R$ 4 milhões a Delcídio, como contrapartida a participação da empresa na obra de ampliação da refinaria. Araújo também citou pedido de contribuição à campanha de Delcídio, feito por Nestor Cerveró em 2010, como contrapartida a "eventual aprovação de projeto de gasoduto" a ser realizado por uma empresa da Petrobras na Argentina. (Com Estadão)