Campo Grande, Domingo , 19 de Novembro - 2017


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br

Posts com a tag: datafolha

Mesmo depois de condenado, Lula avança e deixa todos os possíveis concorrentes para trás, diz pesquisa Datafolha

Postado por Marco Eusébio , 01 Outubro 2017 às 13:00 - em: Principal

A pesquisa Datafolha divulgada neste fim de semana pela Folha de S.Paulo feita na quarta e quinta-feiras (27 e 28) que mostra Lula liderando e até avançando em todas as simulações na corrida presidencial de 2018, mesmo depois de ser sido condenado no caso do Triplex por Sérgio Moro, "tem resultados esquizofrênicos, quando confrontados com levantamentos do próprio instituto, e curiosos, se comparados aos de concorrentes seus", diz o site O Antagonista, ao avaliar alguns índices, abaixo citados:
 
– A taxa de rejeição a Lula, de 42%, segue a mais alta entre todos os possíveis candidatos, mas diminuiu um pouco pelo Datafolha em relação à pesquisa feita antes de ele ser condenado. É uma rejeição bem menor do que apontaram pesquisas recentes do Paraná Pesquisas, de 54%; e do DataPoder360, de 56%. "Ainda assim, ninguém consegue ser eleito com um taxa de rejeição que vai de 42% a 56%", diz o Antagonista.
 
– Conforme o Datafolha, "Lula perdeu substancialmente a capacidade de transferir votos. Somente 26% dos eleitores votariam num candidato apoiado por ele, contra 37% em 2014", quando elegeu Dilma.
 
– "O número de eleitores que considera muito importante que um candidato a presidente nunca tenha se envolvido num caso de corrupção é de 87%, de acordo com o Datafolha. Está muito longe de ser o caso de Lula."
 
– "Aumentou, ainda, o número de eleitores do espectro ideológico que vai do centro à direita. Passou de 58% para 65%, no Datafolha, de junho para cá. Não parece gente disposta a votar num Lula radicalizado, em nada paz e amor. A menos que boa parte dos eleitores que se declaram de centro seja, na verdade, de esquerda."
 
O Antagonista conclui dizendo: "Até o momento, só no Datafolha o condenado Lula aumenta as suas chances de ser eleito presidente da República. Esperemos que o instituto esteja errado. E que esquizofrênicos sejam apenas os seus números."



Dentre os tucanos, João Doria aparece com melhor índice do que seu padrinho político Geraldo Alckmin

Pesquisa Datafolha divulgada hoje pela Folha de S.Paulo sobre intenção de voto para a eleição presidencial de 2018 aponta Lula (PT) na frente com 30%, tendo empatados tecnicamente em segundo lugar Jair Bolsonaro (PSC) com 16% e Marina Silva (Rede) com 15%. Lula, entretanto, também é o campeão em rejeição. Dentre os tucanos, João Doria tem índices melhores em terceiro lugar do que Geraldo Alckmin. Quando citados, o juiz Sérgio Moro disputa o segundo lugar com Marina e Bolsonaro; e o ministro do Supremo, Joaquim Barbosa, aparece empatado tecnicamente em terceiro com Doria e à frente de Alckmin. Depois deles, vem Ciro Gomes (PDT). Os demais citados ficam todos na lanterna. Veja aqui os cenários no site G1.




No Twitter, general Villas Boas diz que Exército é aprovado pela população por 'valores, ética e tradição'

Postado por Marco Eusébio , 25 Junho 2017 às 12:00 - em: Principal

"Valores, ética e tradição" - escreveu no Twitter o comandante do Exército, general Eduardo Villas Boas, sobre a pesquisa do Datafolha divulgada neste fim de semana pela Folha de S.Paulo apontando que as Forças Armadas, apoiada por 43%, são a instituição em que a população deposita mais confiança no Brasil hoje, enquanto o Congresso e a Presidência (ambos com 3% de aprovação) e os partidos políticos (com 2%) caíram em descrédito. Veja mais aqui na FolhaOnline.




Governo de Michel Temer é desaprovado por 69% e outros 23%

Postado por Marco Eusébio , 24 Junho 2017 às 12:20 - em: Principal

Só 7% dos brasileiros aprovam a administração do presidente Michel Temer como ótima ou boa, aponta pesquisa pesquisa Datafolha divulgada hoje pela Folha de S.Paulo. É o pior índice em 28 anos: só José Sarney teve aprovação pior, de 5%, em setembro de 1989, durante a crise da hiperinflação, diz o jornal. Para 69% a atual gestão é ruim ou péssima e 23% avaliam como regular, conforme a nova pesquisa que ouviu 2.771 pessoas de quarta-feira a sexta-feira em todo o País. A margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos.




Lula amplia liderança, Bolsonaro já supera Marina e Doria é 'salvação' dos tucanos

Postado por Marco Eusébio , 30 Abril 2017 às 13:00 - em: Principal

A primeira pesquisa Datafolha feita depois da divulgação de detalhes da delação da Odebrecht, divulgada neste domingo pela Folha de S.Paulo, mostra que, apesar das denúncias, o ex-presidente Lula segue na frente e até ampliou a vantagem contra os demais adversários na intenção de voto atual para as eleições presidenciais de 2018. Outra projeção é o crescimento do radical de direita, deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ), que avançou e disputa o segundo lugar com Marina Silva (Rede). Dentre os tucanos, o prefeito de São Paulo João Dória tem índices melhores do que os do senador Aécio Neves (MG) e do seu padrinho, o governador Geraldo Alckmin (SP) que recuaram no conceito dos entrevistados, atingidos pelas denúncias da Lava Jato. Veja aqui no G1 os cenários da pesquisa feita com 2.781 pessoas de todo o Brasil nos dias 26 e 27 de abril.