Campo Grande, Quarta-Feira , 21 de Fevereiro - 2018


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br

Posts com a tag: cultura

Ricardo Constantino, do Hotel Cabañas, e Renato Teixeira, inspirado na beleza natural da turística Bonito

Postado por Marco Eusébio , 13 Fevereiro 2018 às 15:30 - em: Principal

O cantor e compositor Renato Teixeira, que "por amor" foi morar em Dourados no fim do ano passado, está curtindo o atual feriado em Bonito hospedado no Hotel Cabañas, e resolveu compor uma nova música homenageando a cidade turística de Mato Grosso do Sul, em que diz...
 
"O grito das arapongas
a calma das águas claras,
a luz que deixa tão lindo
o verde que aqui se espalha
Eu digo muito bonito,
Bonito das águas limpas,
Bonito das águas mansas,
A paz que aqui se declara...
Bonito é, Bonito é... bonito!" 
 
"De primeira mão para o mundo" disse o Augusto Mariano, secretário de Turismo de Bonito, ao enviar o áudio abaixo aqui ao Blog. Ouça!




Serenata ao 'Manoel de bronze' feita por Jader emocionou o escultor Ique que enviou mensagem sobre o assunto ao Blog

Postado por Marco Eusébio , 02 Janeiro 2018 às 12:45 - em: Principal

Ao voltar do trabalho início da madrugada do domingo que encerrou 2017, o saxofonista Jader Leandro, de 32 anos, voltava do trabalho, em Campo Grande, quando estacionou próximo ao cruzamento da Avenida Afonso Pena com a Rui Barbosa, sentou-se ao lado da escultura de Manoel de Barros e tocou músicas regionais numa homenagem póstuma de fã ao poeta, chamando a atenção de quem passava pelo local. A inusitada serenata, sensibilizou o autor da obra. Ao ver os vídeos postados pelo músico no Facebook, o cartunista campo-grandense Victor Henrique Woitschach, que virou escultor de celebridades, se emocionou. Lá do Rio, onde mora, o Ique escreveu a seguinte mensagem ao Blog:
 
"Simplesmente sensacional! Me emociono em ver a sensibilidade desse artista, sua música suave e sua deferência com o mestre Manoel de Barros, materializado em minha escultura. É isso. A arte toca e chama primeiro os artistas, e acaba envolvendo toda a população. 
 
Essa inspiração vem do que Manoel representa, de sua poesia incrível e de sua capacidade de tocar profundamente a todos. Através de sua arte ele nunca será esquecido, e sempre estará pronto pra receber a energia de quem quer levar um dedinho de prosa com ele, ou simplesmente senti-lo, toca-lo. E o Jader fez isso, tocou Manoel no fim de seus momentos mágicos com o mestre. É como se ele realmente estivesse ali ouvindo aquela homenagem. 
 
Tenho que agradecer ao Jader esse momento mágico. Gostaria de ter estado lá nessa hora pra sentir tudo isso de perto. Viva Manoel de Barros! Viva a arte na rua, que proporciona momento incríveis como esse!"

Veja abaixo um dos vídeos postados pelo Jader, tocando Chalana para o "Manoel de bronze":




'A arte chama os artistas' comentou o Ique ao ver vídeo do saxofonista Jader em serenata com o Manoel de bronze

Postado por Marco Eusébio , 01 Janeiro 2018 às 13:10 - em: Papo de Arquibancada

Em Campo Grande, no início da madrugada do domingo que encerrou 2017, o saxofonista Jader Leandro, de 32 anos, voltava do trabalho quando estacionou próximo ao cruzamento da Avenida Afonso Pena com a Rua Rui Barbosa, se sentou ao lado da escultura de Manoel de Barros e tocou uma série de músicas regionais, chamando a atenção de quem passava pelo local que filmaram a cena. Depois, Jader postou no Facebook vídeos de sua homenagem póstuma ao poeta. 
 
A iniciativa do músico, sensibilizou o autor da obra. Ao ver os vídeos, o cartunista campo-grandense Victor Henrique Woitschach, hoje também conhecido como escultor de celebridades, se emocionou. Lá do Rio, onde mora, o Ique escreveu a seguinte mensagem ao Blog:
 
"Simplesmente sensacional! Me emociono em ver a sensibilidade desse artista, sua música suave e sua deferência com o mestre Manoel de Barros, materializado em minha escultura. É isso. A arte toca e chama primeiro os artistas, e acaba envolvendo toda a população. 
 
Essa inspiração vem do que Manoel representa, de sua poesia incrível e de sua capacidade de tocar profundamente a todos. Através de sua arte ele nunca será esquecido, e sempre estará pronto pra receber a energia de quem quer levar um dedinho de prosa com ele, ou simplesmente senti-lo, toca-lo. E o Jader fez isso, tocou Manoel no fim de seus momentos mágicos com o mestre. É como se ele realmente estivesse ali ouvindo aquela homenagem. 
 
Tenho que agradecer ao Jader esse momento mágico. Gostaria de ter estado lá nessa hora pra sentir tudo isso de perto. Viva Manoel de Barros! Viva a arte na rua, que proporciona momento incríveis como esse!"

Veja abaixo um dos vídeos postados pelo Jader, tocando Chalana para o Manoel de bronze:




Exibições de filmes regadas à Café une jovens em debates no projeto CineCafé criado a partir de uma ideia em rede social

Postado por Marco Eusébio , 05 Novembro 2017 às 13:30 - em: Principal

O link de um filme postado no Facebook pela jovem advogada Kezia Miranda virou um debate de apaixonados por cinema em agosto de 2016 e deu origem ao "CineCafé" em Campo Grande. Uma vez por mês o grupo de jovens se une para exibir filmes com entrada franca e debater o enredo, em sessões regadas a café e chá, onde cada um leva sua caneca. Um dos pontos de encontro é o Museu da Imagem e Som (MIS), mas o projeto itinerante busca novos espaços gratuitos. 
 
"A ideia é trazer um olhar social para o cinema", diz Kezia. "Recentemente, conseguimos realizar um curso de extensão em parceria com a UFMS e o Instituto de Cinema de São Paulo. Através do CineCafé estamos conseguindo trazer para Campo Grande mais informações sobre cinema, aqui não tem nenhum curso de graduação na área". "Neste mês o filme será 'Cães de Aluguel', do Tarantino, a ser exibido no dia 17 a partir das 19h no MIS", disse a Kezia ao Blog. 
 
Quem quiser participar ou apoiar pode entrar em contato pelo telefone (67) 99935-8982 ou pelo e-mail cinecafe.comunicacao@gmail.com. 
 
(Com Esthéfanie Vila Maior, do site CapitalNews)



Antônio Pitanga, Sônia Braga, Wagner Moura, Zezé Polessa e outros artistas defendem a renovação da Lei do Audiovisual

Postado por Marco Eusébio , 20 Outubro 2017 às 12:15 - em: Principal

O veto de Michel Temer à renovação da Lei Audiovisual levou atores e atrizes como Zezé Polessa, Sônia Braga, Antônio Pitanga, Wagner Moura, Fábio Assunção, Cauã Reymond a gravarem um vídeo divulgado nas redes sociais onde falam da importância da lei para o cinema brasileiro, visando sensibilizar deputados e senadores para derrubarem o veto presidencial. Eles afirmam que a Lei Federal 8.685 permite desde 1993 que pessoas físicas e jurídicas consigam incentivos fiscais investindo uma parte de seus impostos na produção de filmes. Explicam que um ano antes da lei, em 92, o cinema nacional lançou apenas um filme. No ano passado, foram mais de 150 produções no setor responsável pelo emprego de mais de 90 mil pessoas que movimenta cerca de R$ 24 bilhões por ano. Válida até o fim deste ano, a lei foi renovada pelo Congresso até dezembro de 2019, mas em agosto Temer vetou alegando falta de estudos de impacto orçamentário na renovação. Veja o vídeo.




'Abaporu', feito em 1928 por Tarsila do Amaral, estampando ponto de ônibus na cidade de Chicago

Postado por Marco Eusébio , 10 Outubro 2017 às 09:00 - em: Principal

Do Ancelo Gois em blog no O Globo:
 
"Veja o 'Abaporu' (1928), uma das mais famosas obras de Tarsila do Amaral (1886-1973), estampado num ponto de ônibus de... Chicago. É para chamar para a exposição no Instituto de Arte de Chicago, que começou sábado e vai até janeiro – a primeira nos EUA, veja só, totalmente dedicada à artista brasileira. Em fevereiro, a exposição vai para outro dos principais museus americanos: nada menos do que o Museu de Arte Moderna, o MoMA, de Nova York."



A atriz Léa Garcia é destaque no filme 'Acalanto' que será exibido no dia 17 na Mostra de Cinema Maranhense em MS

Postado por Marco Eusébio , 14 Agosto 2017 às 12:15 - em: Principal

"E a vida me alcançou", documentário de curta-metragem com narrativa de quatro idosos das comunidades afro-maranhenses, vencedor do Prêmio Funarte de Audiovisuais 2009, abrirá amanhã em Campo Grande a Mostra de Cinema Maranhense com entrada franca até quinta-feira. Na quarta tem "O Mistério das Tulhas", com depoimentos de feirantes da Mercado das Tulhas ou Feira da Praia Grande, do Centro Histórico de São Luís (MA); e fechando na quinta "Acalanto", sobre espaços culturais da capital do Maranhão. Promovido pelo Cineclube Marginália e a Central de Comercialização de Economia Solidária do MS, o evento visa o intercâmbio cultural de MS e o MA. Os filmes serão exibidos das 19 às 22h na sede da central, à Rua Marechal Rondon, nº 1500 – Centro. Mais informações (67) 99244-4213.