Campo Grande, Domingo , 19 de Novembro - 2017


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br

Posts com a tag: audio

Áudio sobre suposto pacto da TV Globo para atacar Temer e beneficiar Lula é falso, diz Lauro Jardim

Postado por Marco Eusébio , 18 Agosto 2017 às 13:30 - em: Principal

O áudio que começou a circular nos últimos dias no WhatsApp e rolou em grupos do aplicativo em Campo Grande em que um suposto profissional do jornalismo da Globo, que não se identifica, afirma que a emissora passaria a atacar Michel Temer, a Lava Jato e a defender Lula, com quem teria feito um acordo, "é falso", diz o jornalista Lauro Jardim em blog no O Globo.
 
"O áudio é uma fraude grosseira, mas viralizou. Numa outra versão, o áudio é antecedido por um texto que diz que o dono da voz é Luiz Nascimento, diretor do Fantástico, que teria pedido demissão na sexta-feira, o que é falso também", afirma Jardim.
 
A Globo foi procurada e, conforme o jornalista, "diz que máquinas de propaganda se utilizam cada vez mais de fake news com propósitos escusos. Mas que pesquisas mostram que a emissora tem uma vantagem: como é líder absoluta, e todos veem seus noticiários, o público não acredita nos boatos, porque eles não são compatíveis com o que vai ao ar de fato."



No enterro de mais um PM, Roberto Sá faz desabafo e pede mudança no Código Penal que só promove impunidade

Postado por Marco Eusébio , 14 Agosto 2017 às 15:30 - em: Principal

A história é antiga em todas as cidades brasileiras: a polícia prende, a Justiça solta porque a lei assim determina. Desarmado pelas regras nessa batalha desigual e ser cobrado pela imprensa sobre resultados, o secretário estadual de Segurança do Rio de Janeiro, Roberto Sá, fez um desabafo neste fim de semana. 
 
Citando números das ações dos policiais, que trabalham com poucos recursos, Sá voltou a cobrar da imprensa e da sociedade para que pressionem os políticos cobrando mudanças na legislação penal brasileira, aquela que mais protege bandidos, sejam menores ou com 18 anos acima, promovendo impunidade e estimulando a criminalidade. 
 
"Nós precisamos exigir reforma na política criminal. Eu vejo reforma tributária, reforma política, reforma econômica, cadê a reforma criminal? Essa legislação te atende como cidadão? Você acha que três anos [de pena] inicialmente, para quem porta um fuzil para sair em seis meses, é razoável? Vocês acham que quem tira uma vida de uma pessoa pode progredir de uma pena de 15 [anos] e sair com cinco, seis anos? Não é razoável. O mundo não trata o crime assim. Sociedade que depende só da polícia para evitar isso é uma sociedade que vai sangrar." 
 
Ouça abaixo a íntegra do desabafo do secretário.