Campo Grande, Sexta-Feira , 19 de Janeiro - 2018


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br

Posts com a tag: asl

Senador Pedro Chaves que foi eleito em junho para a ASL tomará posse na segunda-feira

Postado por Marco Eusébio , 05 Dezembro 2017 às 12:00 - em: Principal

O senador Pedro Chaves (PSC) tomará posse na próxima segunda-feira, às 19h30, na cadeira número 19 da Academia Sul-mato-grossense de Letras, do patrono Guimarães Rosa, que era ocupada pela escritora e professora Maria da Glória Sá Rosa. Mestre em economia e ex-reitor da Uniderp, Chaves é um importante intelectual do estado no campo educacional que colabora sistematicamente com a mídia por meio de artigos e ensaios e foi eleito em junho pelos integrantes da ASL para a cadeira.




Henrique Medeiros ao ser empossado pelo 'imortal' Abrão Razuk e com a nova diretoria da ASL durante a posse

Postado por Marco Eusébio , 01 Novembro 2017 às 11:00 - em: Principal

"É preciso que a gente ofereça e tente levar às ruas o que é possível de nossas origens, de nossas raízes, identidades. É preciso fugir do analfabetismo cultural, do abandono cultural", disse o escritor e publicitário Henrique Alberto de Medeiros Filho, ao defender a democratização da literatura ao ser empossado como o 11º presidente da Academia Sul-Mato-Grossense de Letras (ASL), durante solenidade ontem na sede da entidade em Campo Grande. 
 
A nova diretoria da entidade que congrega os "imortais" regionais tem como vice-presidente a escritora e professora Raquel Naveira; o poeta Rubenio Marcelo como secretário-geral; o escritor J. P. Frazão como secretário; a poeta Elizabeth Fonseca como 1ª tesoureira; e o escritor e historiador Valmir Batista Correa como 2º tesoureiro. 
 
Conforme a pesquisa Retratos da Leitura, 44% da população brasileira não lê e outros 33% nunca comprou um livro. Em MS, a nova direção da ASL pretende mudar esse cenário. "Ler é a coisa mais simples do mundo. A literatura não pode ser uma coisa elitizada. Vamos trabalhar sua democratização, buscando novos bons projetos que se unam aos existentes", afirmou Henrique Medeiros.