Campo Grande, Domingo , 19 de Novembro - 2017


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br

Ser professor com amor!

Ser professor com amor!

Postado por Rosemeire Farias (*) , 14 Outubro 2017 às 14:30 - em: Artigos

Hoje parei para refletir sobre esta data, 15 de outubro, dia em que se comemora o "Dia do Professor".
 
Muitos pensamentos passaram pela minha mente, porque, afinal, já estou na docência há 25 anos.
 
Vi muitas pessoas ingressarem nesse mundo, acreditando que conseguiriam reinventar a roda. Todavia, diante dos obstáculos, vi-os retroceder e desistir da carreira.
 
Eu continuo firme, recuso-me a deixar-me vencer pelas dificuldades e desilusões. A principal delas é a falta de reconhecimento de uma significativa parcela da sociedade, que parece pensar que qualquer um pode ser professor, que qualquer um sabe opinar e discutir sobre educação. 
 
Falo isso porque vi e vejo pessoas assumindo a função de professor para preencher o seu tempo livre e ganhar um extra. Estes, por um descuido, estão professores, não são professores.   
 
Fico triste ao me deparar com esses casos, porque para mim a docência é uma espécie de entrega. Ela envolve uma relação de amizade, de carinho, de renúncia e, sobretudo, de amor. Amor pelos livros, pelo conhecimento, pela escola, pela sociedade e pelo aluno, que é quem mais sente o resultado da "entrega do seu professor".
 
Então, não é um bico, é uma profissão que só exerce aquele que está disposto a enfrentar todos os obstáculos e as dificuldades.
 
Nunca me agarrei ao fator econômico (não que ele não seja importante), porque sempre soube que jamais ficaria rica monetariamente sendo docente. Eu sempre me agarrei à satisfação e ao sentimento de realização que tenho quando encontro um ex-aluno(a), que me abraça e diz: "Professora, não me esqueço da Senhora! A senhora foi muito importante na minha formação, ensinou-me a ver o mundo e a não retroceder diante das dificuldades. Fez-me acreditar em mim, por isso eu te amo!".
 
Alguns profissionais podem até pensar: 'que idiotice é essa da Rosemeire'. Mas não me importo com isso, porque para mim a maior riqueza que pode existir é o amor que despertamos nas pessoas. E aquele que é professor com o coração só pode despertar esse sentimento nobre em seus alunos.
 
Para mim, a educação envolve uma relação de respeito e de amor, e a escola é o cenário ideal para que isso ocorra. Não se pode perder esse propósito, porque só educamos com amor. E o professor é um herói além do seu tempo.
 
Feliz Dia dos Professores a todos os colegas!
 
(*Rosemeire Lopes da Silva Farias é professora doutora de ensino superior em Campo Grande - MS)



Deixe seu comentário