Campo Grande, Sábado , 20 de Janeiro - 2018


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br


MS fecha 2,4 mil empregos em novembro e tem o quarto pior resultado do Brasil

Ilustração Reprodução MS fecha 2,4 mil empregos em novembro e tem o quarto pior resultado do Brasil
Resultado deixou Mato Grosso do Sul com quarto pior resultado, só atrás dos vizinhos Mato Grosso, Goiás e São Paulo

Postado por Marco Eusébio , 27 Dezembro 2017 às 14:00 - em: Principal

Mato Grosso do Sul fechou 2,4 mil vagas de emprego em novembro e teve o pior desempenho no mês em doze anos, conforme levantamento do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgado hoje pelo Ministério do Trabalho. No estado, só o comércio abriu postos de trabalho formal no mês passado, devido à chegada das vendas de fim de ano: 307. A administração pública ficou com saldo zerado. As demissões superaram as contratações na indústria de transformação (-869), serviços (-747), agropecuária (-744), construção civil (-361), serviços industriais de utilidade pública (-28) e extrativa mineral (-2). O resultado deixou MS como o estado com quarto pior desempenho no país, só atrás dos vizinhos Mato Grosso (-5.804), Goiás (-6.163) e São Paulo (-17.611). 
 
No Brasil, o saldo de empregos formais teve resultado negativo em novembro, com redução de 12.292 vagas (0,03%) em relação ao estoque do mês anterior. Só 13 das 27 unidades federativas tiveram variação positiva. O Rio Grande do Sul liderou com um saldo positivo de 8.753 empregos formais. "Esse saldo negativo não significa uma interrupção do processo de retomada do crescimento econômico do país", diz o ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, frisando que de janeiro a novembro foram criados 299.635 novos postos de trabalho no país, o que comprova que a economia segue em processo de retomada. "A economia está crescendo de forma gradual. A melhor forma de distribuição de renda é o emprego. Estamos otimistas. O Brasil vai dar certo", acrescenta o ministro.



Deixe seu comentário