Campo Grande, Domingo , 17 de Dezembro - 2017


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br


Juiz Odilon decreta prisão de Battisti no último dia antes de sua aposentadoria

Claudia Gaigher/TV Morena Reprodução Juiz Odilon decreta prisão de Battisti no último dia antes de sua aposentadoria
De Corumbá, o italiano Cesare Battisti prestou depoimento por videoconferência ao juiz Odilon em Campo Grande

Postado por Marco Eusébio , 05 Outubro 2017 às 19:30 - em: Principal

Em seu último dia como titular da 3ª Vara Federal de Campo Grande, após conseguir sua aposentadoria e estar cotado por partidos políticos para disputar as eleições de 2018 (leia aqui), o juiz federal Odilon de Oliveira decretou a prisão preventiva de Cesare Battisti. O italiano foi detido ontem em Corumbá, tentando cruzar a fronteira com a Bolívia com 6 mil dólares e 1,3 mil euros, e prestou depoimento hoje ao juiz por videoconferência da sala do Fórum Federal na cidade fronteiriça. Alegou que ia a uma pescaria e comprar roupas de couro no país vizinho, mas não convenceu. O juiz considerou ter havido tentativa de fuga. O ex-ativista do grupo italiano Proletários Armados para o Comunismo (PAC), condenado à prisão perpétua na Itália em 1993 acusado de quatro assassinatos nos anos 70, estava no Brasil como refugiado político, condição concedida a ele pelo governo Lula em 2009. Para Odilon, Battisti queria fugir porque a Itália voltou a pedir sua extradição ao Supremo Tribunal Federal. A defesa do italiano promete recorrer contra a prisão.




Deixe seu comentário