Campo Grande, Domingo , 21 de Janeiro - 2018


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br


Governadores cobram programa nacional de combate ao crime nas fronteiras

Divulgação/Arquivo Governadores cobram programa nacional de combate ao crime nas fronteiras
Governadores dos estados do Brasil Central pedem programa nacional de combate ao crime nas fronteiras

Postado por Marco Eusébio , 05 Janeiro 2018 às 13:00 - em: Principal

A criação de um programa nacional de combate ao crime nas fronteiras e uma legislação mais rígida "visando o fim da cultura da impunidade" são parte de cinco pedidos feitos ao governo federal em documento público assinado ontem pelos governadores de Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Goiás, Distrito Federal, Rondônia, Tocantins e Maranhão enviado ao Planalto hoje.

"Entendemos que não adianta combater o problema da droga nos morros do Rio de Janeiro e grandes centros se não blindarmos as nossas fronteiras”, afirma o governador Reinaldo Azambuja, de MS, que com 1.517 km de fronteira com Paraguai e Bolívia é uma das principais entradas do tráfico de drogas e armas no País e carece de atenção especial da segurança nacional. "Em qualquer país do mundo, a segurança de fronteira é feita pelas forças federais. Proteger Mato Grosso do Sul é proteger o Brasil", argumenta Azambuja.

Os governadores propõem ainda a criação de um Fundo Nacional de Segurança Pública, com recursos não contingenciáveis; criação de novos estabelecimentos penais federais para presos que requerem vigilância de alta complexidade, deixando os presídios estaduais para detentos de média e de baixa periculosidades; e descontingenciamento dos recursos retidos no Fundo Penitenciário Nacional (Funpen).




Deixe seu comentário