Campo Grande, Sábado , 16 de Dezembro - 2017


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br


Câmara barra segunda denúncia, e Temer deixa hospital fazendo sinal de positivo

Dida Sampaio/Estadão Reprodução Câmara barra segunda denúncia, e Temer deixa hospital fazendo sinal de positivo
Michel Temer deixou o Hospital Militar por volta de 20h (DF) já livre da acusação da PGR contra ele

Postado por Marco Eusébio , 25 Outubro 2017 às 20:00 - em: Principal

O presidente Michel Temer saiu fazendo sinal de positivo e dizendo que está "inteiro" do Hospital Militar em Brasília, ao lado da primeira-dama Marcela, já sabendo que está livre da segunda acusação da Procuradoria Geral da República que o acusava, junto com os ministros Moreira Franco e Eliseu Padilha, de organização criminosa e obstrução da Justiça. O Supremo  precisava de autorização da Câmara para prosseguir a investigação, mas Temer obteve hoje mais do que os 172 votos que precisava e não é possível à oposição alcançar 342 dos 513 votos dos deputados federais. Da bancada de Mato Grosso do Sul, a votação ficou dividida (leia a nota abaixo). Temer, que foi para o hospital depois de passar mal pela manhã, seguiu para o Palácio do Jaburu. "O Presidente Michel Temer teve alta após as 20 horas (DF). Ele passa bem e, seguindo orientação médica, irá repousar em casa", diz nota do Planalto.

P.S. VITÓRIA "MENOR" - Encerrada a votação, a Câmara registrou 251 votos a favor de Temer, 233 contra, 25 ausentes e duas abstenções. É um apoio maior do que na votação da denúncia anterior, quando Temer obteve 263 votos contra 227, com 19 ausências e duas abstenções.




Deixe seu comentário