Campo Grande, Quarta-Feira , 22 de Novembro - 2017


Email: marcoeusebio@marcoeusebio.com.br


Até para depor, Joesley age contra a lei

Ed Alves/Correio Braziliense Reprodução Até para depor, Joesley age contra a lei
Joesley Batista, de boné, ao deixar a sede da Superintendência da Polícia Federal em Brasília

Postado por Marco Eusébio , 22 Junho 2017 às 09:00 - em: Principal

Dois policiais civis de São Paulo tiveram que dar explicações à Polícia Federal sobre o trabalho clandestino de segurança prestado a Joesley Batista. Os dois ficaram por mais de oito horas na Superintendência da PF, em Brasília, ontem, enquanto o empresário prestava depoimento em operações que apuram casos de fraudes e de corrupção. A lei proíbe que policiais façam esse tipo de serviço, mesmo em dias de folga. (Com Correio Braziliense) 



Deixe seu comentário